Worldpay e Banco Rendimento lançam licença de adquirência doméstica no Brasil

A Worldpay e o Banco Rendimento anunciam parceria para lançar soluções de pagamento end-to-end para estabelecimentos online no Brasil com a adquirência doméstica em cartões de crédito e débito, faturamento e liquidação em diversas moedas. Por meio da plataforma da Worldpay, comerciantes internacionais de vários mercados terão mais de 300 métodos de pagamento, processamento em 126 moedas e sistema antifraude, o que vai facilitar transações com o ecommerce internacional.

A Worldpay optou pela parceria com o Banco Rendimento pela experiência de 25 anos da companhia financeira no setor de soluções de pagamento e câmbio internacional no mercado brasileiro, além de suas habilidades para ser inovadora e ágil. De acordo com o gerente geral da Worldpay para América Latina, Juan D’Antiochia, esse acordo expande os serviços, proporciona flexibilidade nas soluções de pagamento, ajuda os comerciantes na conversão de moedas e na redução de custos para execução de negócios online em vários mercados.

O líder do desenvolvimento de produtos e inovação do Banco Rendimento, Roger Ades, avalia que a experiência das empresas em pagamentos domésticos e internacionais, deve auxiliar na oferta de pagamentos online e serviços além das fronteiras no Brasil.

Como parte da expansão na região, a Worldpay, que oferece soluções de adquirência em 50 países, também pretende lançar sua licença na Argentina ao final deste ano.

Em paralelo a esse anúncio, a Worldpay conduziu um estudo, com 3.217 participantes no Brasil, para entender o atual nível de confiança dos consumidores em relação ao comércio e à situação da economia diante da recente crise. De acordo com a pesquisa, 82% dos consumidores brasileiros acreditam que a maioria das compras será feita pela internet nos próximos cinco anos, além disso, 75% preferem comprar itens domésticos no ambiente online. A compra de bens de consumo pela internet ocorre com maior frequência e o comprador pesquisado costuma acessar, em média, 22 lojas online por ano.

Devido ao incremento no uso de smartphones e melhorias na infraestrutura, o comércio online no Brasil deverá continuar seu crescimento de dois dígitos nos próximos dois anos3. Em um novo sinal de aumento da demanda por compras on-line na região, o estudo da Worldpay também mostrou que os consumidores mais jovens, entre as idades de 18 a 34, são os mais propensos a comprar usando um aplicativo de smartphone (56%), em comparação com apenas 22% de consumidores com mais de 55 anos.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top