Via Varejo compra participação no Distrito e se aproxima de mais de 300 startups de uma só vez

Via Varejo compra participação no Distrito

Por Edilma Rodrigues

A Via Varejo, dona das Casas Bahia e Ponto Frio, adquiriu 16,67% do capital da Growth Partners Investimentos e Participações S.A., sociedade que detém o controle da startup Distrito, hub de inovação que apoia empresas em sua transformação por meio da tecnologia. Atualmente, mais de 300 startups estão conectadas à plataforma do Distrito, que também possui 11 laboratórios corporativos de inovação, um completo mapeamento das principais startups atuantes no país, gerando insights e inteligência de inovação para publicação de relatórios setoriais.

O anúncio foi feito, nesta manhã (09), por meio de fato relevante. Segundo o comunicado ao mercado, a operação representa um salto na estratégia de aceleração da transformação digital, e permitirá à companhia estar conectada a um dos principais hubs digitais do país, o que vai permitir acessar o universo de startups e viabilizar projetos de transformação e aceleração digital. 

O movimento confirma o interesse do setor varejista como um todo e da Via Varejo, em particular, no ecossistema de startups. O Carrefour lançou, no mês passado, plataforma de e-commerce desenvolvida pelo unicórnio Vtex. O objetivo é ampliar a operação no varejo digital, além de aprimorar a gestão de pedidos e serviços multicanais, o que inclui a conexão entre a operação online e as lojas físicas.

O investimento no Distrito é a quarta operação de associação da Via Varejo em 2020, depois da aquisição da Asaplog, i9XP e banQi. A compra da empresa de software i9XP, especializada no desenvolvimento de tecnologias para e-commerce, no fim de outubro, integra 120 desenvolvedores que vão trabalhar para expandir o marketplace da varejista.

Distrito mantém independência

De acordo com o fundador do Distrito, Gustavo Gierun, esta é uma maneira muito inteligente, diferente, de investir em inovação. “Distrito e Via, de maneira descentralizada, aberta, vão se conectar com milhares de empreendedores. Com a potência da Via, o sistema Distrito fica mais forte, sendo preservada a sua independência. O investimento, por sua vez, proporcionará uma aceleração maior em tecnologia, inteligência e estrutura”, complementa Gierun.

A Via Varejo explica que, no último ano, realizou o maior turnaround (dar a volta ou mudar o rumo para crescer) do varejo brasileiro, com consistência e sustentabilidade. “Após digitalizar-se, multiplicar a eficiência de suas operações e ter o foco dirigido à experiência do cliente, a companhia busca agora ir além do varejo tendo como prioridade clientes e colaboradores. Com a integração das plataformas internas de vendas, os vendedores vêm rompendo a fronteira da loja física com oferta de produtos do online, incluindo marketplace. O investimento no Distrito é um passo importante para consolidar a empresa como um sistema baseado em tecnologia, empreendedorismo e inovação,” afirma a companhia em nota.

Para o CEO da Via Varejo, Roberto Fulcherberguer, o anúncio do investimento marca mais um salto na jornada de transformação que a Via protagoniza desde o ano passado. “Não é um movimento óbvio. Olhamos lá na frente. Em vez de fazer uma simples aquisição, nos conectamos à maior rede de inovação do Brasil. Vai ser incrível para nós como companhia. Vamos poder viver e fomentar cada vez mais a cultura de mudança dentro e fora da Via, além de ter uma posição privilegiada no ecossistema de startups no Brasil. E, melhor ainda, vamos estimular o empreendedorismo, algo que será bom para todo o país”, afirma Fulcherberguer.

O também fundador do Distrito, Gustavo Araujo, avalia que esta associação é um movimento único no país. “A Via traz um mundo de conexões e possibilidades, um universo enorme que chega para gerar valor às startups. Os empreendedores precisam de um player como a Via Varejo para validar seus produtos e tecnologias. Com a escala que a Via pode dar a esses empreendedores, não me surpreenderia se gerássemos alguns unicórnios em conjunto no longo prazo”, diz. 

Com informações da assessoria de imprensa e portal da Via Varejo

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top