nota4

Universidade inglesa quer criar computador que age como o cérebro humano

Por Edilma Rodrigues

O projeto de pesquisa Neuromorphic Quantum Computing (Quromorphic), liderado pelo professor da universidade Heriot-Watt, Michael Hartmann, quer aproveitar o poder dos computadores quânticos para construir um novo tipo de rede neural – trabalho que, segundo os pesquisadores, poderia inaugurar a próxima geração de inteligência artificial. O objetivo é construir um processador capaz de transferir dados da mesma forma que os neurônios funcionam no cérebro humano.

“O cérebro humano tem recursos incríveis, o que o torna mais poderoso do que os computadores mais avançados do mundo. Por isso, não é surpreendente que os engenheiros há muito tentem copiá-lo. Hoje, as redes neurais artificiais inspiradas na estrutura do cérebro são usadas para resolver alguns dos problemas mais difíceis da inteligência artificial (IA). Mas essa abordagem geralmente envolve a criação de software, de modo que a informação seja processada de maneira semelhante ao cérebro, em vez de criar um hardware que imite os neurônios,” explica Hartmann no portal acadêmico da Heriot-Watt, The Conversation.

E continua: “em vez disso, meus colegas e eu esperamos construir o primeiro computador de rede neural dedicado, usando a mais recente tecnologia quântica em vez de software de IA. Ao combinar esses dois ramos da computação, esperamos produzir um avanço que leve à inteligência artificial que opera a uma velocidade sem precedentes, tomando decisões complexas automaticamente em um curto espaço de tempo.”

O projeto vai abranger a demonstração dos princípios envolvidos com uma rede neural quântica. Colocar a tecnologia em total utilização envolverá a criação de dispositivos maiores, um processo que pode levar dez anos ou mais, já que muitos detalhes técnicos precisam ser controlados com muita precisão para evitar erros computacionais. “Mas, uma vez que mostrarmos que as redes neurais quânticas podem ser mais poderosas do que os softwares clássicos de IA em uma aplicação no mundo real, isso rapidamente se tornaria uma das mais importantes tecnologias existentes,” avalia o professor.

Com informações do The Conversation

Se interessou por este conteúdo? Saiba mais e participle do AI View 2019, o evento mais relevante de Inteligência Artificial da atualidade, acessando o site: http://aiview.com.br

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top