nota5

Sustentabilidade no mundo financeiro: iZettle lança POS com plástico retirado dos oceanos

Por Edilma Rodrigues

A iZettle, fintech sueca de soluções de meios de pagamentos e gestão de negócios para micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), lança a maquininha Ocean Reader, em edição limitada e feita com 75% de lixo resgatado dos mares Nórdico e Báltico. A ambição da empresa é que, até 2021, todos os seus lançamentos contenham materiais reciclados. “No Brasil, a máquina de cartões sustentável estará inicialmente disponível apenas para parceiros e clientes selecionados que apoiam essa causa,” explica a companhia em nota.

A motivação para a iniciativa da fintech sueca, que firmou parceria com a Oceanworks, marketplace global para plásticos reciclados dos oceanos, é o volume de plásticos nos mares – 13 mil pedaços por quilômetro quadrado, segundo a ONU. O acordo entre as empresas ainda prevê a doação de 20% de todas as vendas do novo POS para a instituição Oceanworks.

Projeto remove mais de uma tonelada de plástico dos mares

Desde o início do projeto, a iZettle removeu mais de uma tonelada de plástico dos oceanos e o novo produto é apenas o primeiro passo na campanha para ajudar pequenos negócios com produtos sustentáveis. A expectativa da fintech é que a iniciativa seja uma forma de incentivar toda a indústria a um uso consciente de plástico. 

A CEO da iZettle, Maria Oldham, explica que a companhia acredita que a sustentabilidade vai além da importância em trazer soluções inovadoras do ponto de vista ambiental e reconhece que essa é uma causa na qual vários pequenos negócios se especializam e assim eles têm um diferencial para competirem com gigantes. 

“Com este lançamento, mais uma vez contribuímos para o desenvolvimento econômico, ajudando as pequenas empresas a trabalhar de maneira mais inteligente e a crescer. Tenho orgulho em anunciar que a primeira maquininha de meios de pagamento feita de plástico retirados do oceano é da iZettle, argumenta a executiva. 

Lixo nas praias: momento oportuno para o lançamento

Ainda de acordo com a empresa, o tema do lixo nas praias é extremamente relevante nessa época do ano, uma vez que o litoral do Brasil é destino turístico muito procurado. “Segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro, só a praia de Copacabana recebeu 2,9 milhões de pessoas durante a virada, sendo 1,7 milhão, turistas,” ressalta. Junto com essa quantidade de gente, automaticamente também vem o lixo delas. Ainda em Copacabana, mais de 350 toneladas de lixo foram retiradas da praia. De todos os pontos de festa da cidade, mais de 762 toneladas foram acumuladas e recolhidas.

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top