nota5

Qual é a diferença entre DLT e Blockchain?

DLT e ‘blockchain’ compartilham a origem conceitual – são livros de registro digitalizados e descentralizados ―, e frequentemente os termos se confundem, mas se diferenciam por uma série de particularidades que ambas tecnologias não partilham.

Bitcoin, blockchain e agora DLT, avanços tecnológicos nos obrigam a incorporar ao vocabulário termos recentes e de enorme impacto. E, ocasionalmente, tanta novidade pode levar à confusão ou a mal-entendidos. Um dos mais comuns é pensar que todas as blockchain são DLT.

Qual é a diferença entre \’blockchain\’ e um DLT? É mais fácil do que parece. Uma blockchain, uma cadeia de blocos, é uma tipo de DLT. Isto é, foi produzido um fenômeno frequente: o êxito de um serviço, produto ou aplicação concreta supera claramente o \’guarda-chuva\’ que a envolve que acaba engolindo seu nome. Mas da mesma forma que nem todas as folhas adesivas são Post-It, nem todos os DLTs são blockchain.

De um ponto de vista mais técnico, uma DLT é simplesmente um banco de dados que gere vários participantes e não é centralizado. Não há uma autoridade central para atuar como árbitro e verificador. O registro distribuído aumenta a transparência – dificultando qualquer tipo de fraude ou manipulação – e o sistema é mais complicado de hackear.

É provável que tudo isso seja familiar, porque se fala sobre isso em artigos como este o que o BBVA publicou sobre as características do \’blockchain\’. A blockchain não é outra coisa senão uma DLT com uma série de características particulares. É também um banco de dados – ou registro – compartilhado, mas neste caso por meio de blocos que, como o próprio nome indica, formam uma cadeia. Os blocos são fechados com uma espécie de assinatura criptográfica chamada \’hash\’; o bloco seguinte se abre com esse hash, como um selo vedado. Desta forma, certifica-se que as informações, criptografadas, não tenham sido manipuladas e nem se pode as manipular. \’Blockchain\’ deve sua fama, entre outras coisas, ao que é a tecnologia por trás da famosa criptomoeda \’bitcoin\’.

Analistas e especialistas do setor acreditam que as DLTs podem ter um grande impacto em diferentes áreas de trabalho no setor financeiro. Por exemplo, nas políticas de compliance às normas. O banco gerencia uma quantidade enorme de dados sob rigorosas regulações e os registros distribuídos, com ou sem blockchain, podem ser de grande ajuda para eliminar ineficiências e economizar custos. Estudo da consultoria Accenture garante que os bancos de investimento podem reduzir entre 30% e 50% seus custos com compliance em 2025 graças às DLTs.

As principais instituições financeiras do mundo estão pesquisando e desenvolvendo projetos colaborativos para desenvolver ao máximo todo o potencial da DLT e blockchain.

Os três consórcios internacionais mais significativos – com a participação do BBVA – são R3, Hyperledger e Ethereum Enterprise Alliance, dos quais o BBVA também é sócio fundador. Seu objetivo genérico é desenvolver padrões comuns e plataformas eficientes e seguras para aplicar essas tecnologias, mas linhas de trabalho específicas e provas de conceito já estão sendo desenvolvidas. O BBVA participou em diversos pilotos que empregaram a tecnologia para melhorar e agilizar diferentes processos internos e transações, tais como o uso de \’contratos inteligentes\’ no comércio internacional.

Fonte: BBVA

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top