Projetos de inovação serão impulsionados por financiamentos com taxas reduzidas

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) assinaram na quarta-feira (21) os primeiros contratos de financiamento com taxas de juros reduzidas de projetos inovadores nas áreas de comercialização de energia e créditos de carbono, digitalização de serviços e saúde. 

No evento realizado no MCTI, a ministra Luciana Santos reforçou a importância da recomposição do FNDCT, que alcançou 10 bilhões de reais para investimentos em ciência, tecnologia e inovação em 2023, e da redução dos juros para a retomada da atividade econômica. Desde que foi sancionada a Lei 14.554/2023, que estabeleceu a TR como indexador nos financiamentos concedidos com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), 200 projetos já foram contratados, totalizando 1 bilhão de reais.
 

Ainda nessa semana, o MCTI e Finep assinaram contratos com startups que vão usar as ferramentas da Inteligência Artificial para solucionar desafios do governo. A iniciativa faz parte da primeira rodada do edital da Finep “Soluções de IA para o Poder Público”, uma parceria entre o Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap).
 

O edital selecionou oito empresas para o desenvolvimento de soluções para o Ministério da Agricultura e Pecuária, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). As startups vão usar a IA para modernizar desafios como atendimento ao cidadão; resposta a reclamações; análise de processos e cadastros. O investimento em subvenção é de R$ 23 milhões do Fundo Nacional de desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).
 

Assinaram contratos para os diferentes desafios as empresas Beaver Soluções Tecnológicas; Neuralmind Inteligência Artificial; Flopo Sistemas de Informática para Indústria; Genesis Pesquisa e Desenvolvimento; Inforeis Tecnologia e 4kst Tecnologia da Informação.
 

No segundo semestre, o ministério deve lançar a segunda e a terceira rodada do edital de IA para o Poder Público com mais de 20 desafios de instituições como o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Inmetro.

Desenvolve SP

A Desenvolve SP, agência de fomento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) do estado de São Paulo, anunciou na quinta-feira (22) a liberação de 500 milhões de reais em crédito para iniciativas que promovam a descarbonização – alternativa sustentável aos combustíveis fósseis como fonte de energia. 

Segundo o presidente da instituição, Ricardo Brito, o montante será disponibilizado para apoio a “startups” de inovação tecnológica alinhadas à descarbonização, incentivo a programas do estado e de municípios ligados à descarbonização, além do financiamento de projetos no campo e da produção de biogás a partir de resíduos agrícolas, especialmente no setor sucroenergético, também chamado de “Pré-Sal Caipira”.

“Desde 2009, quando passou a financiar o progresso de São Paulo, a Desenvolve SP apoia projetos sustentáveis, oferecendo crédito em condições competitivas, com prazo longo e juros mais baixos, a micro, pequenos e médios empreendedores do setor privado. Com o passar dos anos, ampliou sua carteira para financiar iniciativas dos gestores públicos comprometidos com energia renovável, saneamento básico, mobilidade urbana limpa, descarte correto dos resíduos sólidos e preservação da biodiversidade”, destacou.

Em tempos de taxa básica de juros (Selic) alta, conforme observa Brito, a Desenvolve SP oferece crédito para investimentos nas áreas de tecnologia e inovação com juros anuais que podem ser menores que 7%.

A Inovacred, por exemplo, tem três opções diferentes com taxas a partir de TR + 4,23% ao ano. Já a Linha de Incentivo à Tecnologia (LIT), para projetos com foco no desenvolvimento e/ou transferência de tecnologia, criação de novos produtos, processos ou serviços, investimentos em infraestrutura, pesquisa e desenvolvimento tem taxa a partir de 0,04% ao mês mais Selic.

(Fonte: Assessorias de imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top