nota7

Plataforma do BB estimula colaboração e reduz tarefas pendentes

A plataforma Colabora, desenvolvida pelo Banco do Brasil, incentiva funcionários a realizar tarefas pendentes de execução ou que geram oportunidade de negócios. Segundo o banco, a partir da implantação do projeto “Plataforma Colabora” uma grande quantidade de tarefas foi executada com qualidade e com alto índice de satisfação dos clientes, impulsionando negócios com um público-alvo que até então não recebia ofertas ativas dos gerentes de relacionamento. Em decorrência dos contatos feitos por funcionários qualificados e com bom conhecimento, os clientes obtiveram informações relevantes durante o atendimento, capazes de estreitar o relacionamento ou criar novas oportunidades de negócio. O projeto ainda promove a cooperação entre as áreas do banco, por meio do compartilhamento de tarefas.

O reconhecimento na Plataforma Colabora acontece por meio do uso de elementos de gamificação, em que o funcionário acumula pontos de colaboração para cada tarefa realizada. O desempenho é traduzido em níveis de especialização por tipo de tarefa, conferindo bonificações em processos seletivos. Além disso, ele pode converter a pontuação adquirida em pontos do programa Livelo, que podem ser trocados por passagens aéreas, por exemplo. A iniciativa concorre ao Prêmio Relatório Bancário 2017, nas categorias Disrupção, Eficiência Operacional e Processos.

O cadastro é feito por unidades estratégicas, táticas e de negócios, para que funcionários com disponibilidade de tempo e os pré-requisitos necessários as realizem e sejam reconhecidos conforme o seu desempenho. Para as unidades de negócios, táticas ou estratégicas, gestoras dos funcionários participantes da plataforma, será estruturado um item bonificador no sistema Conexão (ferramenta de indução, vinculada ao Acordo de Trabalho entre funcionários e banco) e a receita referente à prestação do serviço será alocada no resultado gerencial da unidade. Após o cadastramento, essas tarefas ficam disponíveis para qualquer funcionário do país pegar para executá-las.

O tempo livre dos funcionários acontece em momentos em que a agência opera com fluxo de clientes reduzido, por efeito da sazonalidade ou durante intervalos entre os horários de pico. Com a plataforma, o funcionário potencializa o resultado do banco e é recompensado por isso, incrementando a quantidade de negócios realizados e fortalecendo o relacionamento com os clientes. A decisão de utilizar a plataforma Colabora é espontânea e a tarefa a ser executada também é escolhida. Sempre lembrando que devem ser tarefas simples e de rápida execução, para não impactar as atividades de trabalho rotineiras do funcionário.

Conforme o funcionário vai concluindo essas tarefas, ele vai recebe pontos de colaboração que podem ser convertidos em milhas ou produtos (pontos Livelo) e bonificação em processos seletivos. Também há o reconhecimento pela sua reputação, por meio de selos de especialização conquistados a partir da conclusão das tarefas. Com isso, vamos formando uma base de conhecimento a respeito da especialização de funcionários em determinados Produtos e Serviços, que poderá ser utilizada em processos de seleção e alocação de funcionários.

O BB conta com equipe responsável por cadastrar as demandas de trabalhos, que são compostas essencialmente por tarefas necessárias que estão pendentes de execução ou represadas e oportunidade de negócio. Como sugestão de instalação do aplicativo mobile do banco para aqueles clientes que ainda não o utilizam; oportunidades de negócio podem ser campanhas com foco no aumento da rentabilização do cliente e outros.

“Conseguimos aumentar a satisfação dos nossos clientes sem aumento no impacto ao meio ambiente, pois não houve deslocamento de funcionários e nem investimento em equipamentos, evitando gastos com transporte e logística, assegurando o bem-estar do funcionário e valorizando seu trabalho por meio das bonificações recebidas,” assinala o projeto.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top