Crédito: pinbank

Pinbank recebe licença de câmbio do BC e se prepara para ampliar portfólio

Uma das primeiras instituições de pagamento com a licença no país, fintech pode aumentar o seu portfólio de serviços financeiros internacionais (FX)
O Pinbank, one-stop-provider com um ecossistema completo de soluções financeiras e inteligência fiscal, acaba de receber a licença de câmbio do Banco Central (BC). Com isso, a empresa se torna uma das primeiras instituições de pagamento do Brasil a conquistar a autorização.
A companhia projeta ampliar o seu portfólio de serviços financeiros internacionais (Fx), tanto no que se refere à realização de pagamentos, transferências e operações cross border em plataformas específicas. Além disso, a companhia, que atua com o segmento B2B, possibilitará que os seus clientes ofertem contas globais, com foco em atender o público de expatriados e turistas.
Segundo Felipe Negri, CEO do Pinbank, essa expansão aumenta a capacidade de atendimento da empresa. “Já oferecemos uma gama de produtos de câmbio em uma estrutura de e-FX, mas a evolução para o modelo de FX, sem dúvidas, traz mais competitividade. Portanto, a licença do Bacen é uma conquista significativa e reforça o nosso compromisso em fornecer soluções financeiras integradas e convenientes para empresas que realizam transações internacionais”, diz. 

Mudança no grupo de controle

A autorização do Bacen também chega em meio à reorganização do grupo de controle da fintech, que passa a ser composto por Ricardo Barbosa da Silva Granja, Elisabete Pelegrini Soares Granja, Christiano Arnhold Simões e Anderson Cicotoste. Esse movimento reflete um processo planejado de consolidação do quadro dos acionistas e corrobora com a estratégia de desenvolvimento de operações internacionais.
O novo grupo de controle busca fortalecer a governança do Pinbank, com ampla experiência no mercado de fintechs, dado que também possui participação em instituições financeiras europeias.
Fundado em 2009, o Pinbank foi um dos pioneiros no Brasil no chamado “split”, quando a instituição faz a divisão de um pagamento entre diversas partes. Atualmente, o banco digital conta com mais de 250 mil contas e clientes como Rappi, Cacau Show, Zigpay e Ortobom.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Patex lança ecossistema de tokenização de Ativos Reais na América Latina
Nova infraestrutura blockchain promete transformar a economia regional e abrir portas para novos investimentos.A Patex,...
TOP 6
Banco BV passa a oferecer solução completa em Seguros para atacado
Parceria com Lockton possibilita a exploração de novos setores para concessão de créditoO banco BV,...
TOP 6
BTG Pactual será dealer da Circle no Brasil para distribuição de criptos
O objetivo é fazer mais parcerias, inclusive com desenvolvedoresPor Cláudia Mancini*A Circle, criadora do ecossistema...
TOP 6
Estudo aponta Itaú, Bradesco e Skol como marcas mais valiosas do Brasil
Drogasil, Porto, PagBank e Nubank apresentaram os maiores crescimentos do ranking, que teve ainda a...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top