Picpay inaugura unidade de negócios dedicada a investimentos

Objetivo é lançar fundos ainda em agosto para ampliar diversificação do portfólio
Como pontapé inicial da unidade de negócios dedicada a investimentos, o PicPay acaba de aumentar a oferta de aplicações disponíveis no app com novos produtos de renda fixa: CDBs (Certificados de Depósito Bancário), LCIs e LCAs (Letra de Crédito Imobiliário e do Agronegócio) emitidos por terceiros, pré e pós-fixados. Os papéis são emitidos por instituições como Banco Original, BTG, BMG, Pine, Fibra e ABC.
O crescimento da prateleira de investimento faz parte da estratégia do PicPay de se tornar a principal conta do brasileiro. Para isso, a companhia criou uma unidade de negócios voltada ao tema. “Colocamos toda a estrutura da business unit de pé em tempo recorde, em cerca de quatro meses, com toda a tecnologia criada do zero”, conta Bruno Guarnieri, vice-presidente de e-commerce e investimentos da companhia. “Essa frente será estratégica para complementar o ecossistema financeiro do app e contribuir para nos consolidarmos com um portfólio completo, que vai ser ampliado até o fim do ano.”
Na visão de Patricia Whitaker, executiva que lidera a unidade de investimentos, a companhia tem dois diferenciais principais. “O PicPay tem uma grande escala, com mais de 33 milhões de clientes ativos, e a vantagem de ser a única fintech de peso com produtos alternativos, como P2P Lending — a possibilidade de investir emprestar dinheiro para empresas pelo app —, com opções que o cliente não encontra facilmente no mercado”, afirma.
O P2P Lending para empresas, que funciona de forma semelhante a uma debênture, permite que os clientes invistam em empresas de baixíssimo risco, como JBS e J&F Investimentos, com retorno bruto a partir de 16% ao ano. Junto às novas aplicações, o produto permite que o usuário diversifique sua carteira e complementa a gama de opções que já estava disponível no app, como o melhor rendimento em conta do mercado, de 102% do CDI, Cofrinhos, CDBs próprios e exchanges de criptomoedas.
“Ampliar as opções de investimentos também é uma excelente oportunidade para conquistar novos usuários e aumentar nossa proposta de valor inclusive para rendas mais altas”, conclui Whitaker.

As novas aplicações estão disponíveis para uma base inicial de clientes e serão liberadas a todos gradualmente. Os usuários que desejarem podem se inscrever para receber notificações. Ainda em agosto, fundos de investimentos também serão adicionados ao app PicPay.

(Fonte: Assessoria de imprensa) 

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top