PicPay e Brink’s Pay conectam o dinheiro físico ao mundo digital

PicPay e Brink’s Pay conectam o dinheiro físico ao mundo digital

Por Edilma Rodrigues

Parceria entre o PicPay e a Brink’s Pay, plataforma de gestão financeira para o varejo Brink’s, permite aos usuários da conta de pagamentos sacar e depositar em dinheiro, em 230 mil pontos de comércio em 2,6 mil cidades brasileiras que usam a rede Brink’s Pay. A solução está em fase de testes e estará disponível a partir de outubro deste ano em todos os clientes da transportadora de valores. 

A parceria entre as fintechs conecta o dinheiro físico ao mundo digital. É um grande ganho para o usuário, principalmente das pequenas cidades que contam com pouca estrutura de bancos e caixas eletrônicos, assinala o diretor comercial do PicPay, Elvis Tinti. 

Segundo as empresas, os depósitos beneficiam principalmente quem costuma receber pagamentos em dinheiro, como diaristas, vendedores, ajudantes de obras, entre outros. “O caixa do varejo poderá receber o dinheiro e transferi-lo para a conta PicPay do usuário. Com este saldo digital, o cliente terá rendimento de 100% do CDI, e contará com a facilidade dos serviços de pagamento de boletos, recarga de celular, bilhete de transporte, compras em lojas virtuais ou físicas com o QR Code, transferência de valores para outras pessoas, além de realizar saques sempre que necessário. A retirada de dinheiro acontece também no caixa do varejo,” explica a nota divulgada pelas parceiras.

Tinti explica que a parceira ajuda a bancarizar uma população desassistida pelas instituições financeiras tradicionais e facilita a vida de quem tem conta em banco, mas não mora perto de nenhuma agência. “Há cidades pequenas no Brasil que não dispõem de bancos ou caixas eletrônicos (ATMs). O varejo fará esse papel, movimentando a economia dessas regiões com o aumento do fluxo de pessoas no comércio local, como a padaria, a mercearia, a farmácia, comenta Tinti. 

O varejo, por sua vez, otimiza o uso do dinheiro vivo, que muitas vezes fica parado no caixa, o que também significa segurança e economia no custo do transporte de valores. Além disso, o varejo terá a oportunidade de receber, com mais frequência, usuários do PicPay para compras, com chance de fidelizá-los, diz Tinti. 

Transações por QR Code

No aplicativo do PicPay será disponibilizada para o usuário uma nova função para que os saques ou depósitos sejam efetuados. Ao clicar nesse campo, o usuário é direcionado para uma tela, que, por geolocalização, indica os pontos da rede Brink’s Pay mais próximos, onde o serviço está disponível. Saques e depósitos em dinheiro são feitos e confirmados por QR Code, gerado no aplicativo do PicPay, diretamente no caixa do estabelecimento. 

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top