Percepção e benefícios das inovações ainda serão testados

Pelo ritmo de avanço da tecnologia, os bancos têm que incorporar muito rapidamente as novidades. Mas isso tem que ser ponderado, conforme os custos e as características da realidade brasileira, advertiu Roberto Zambon, diretor de TI da Caixa Econômica Federal, no painel A indústria de TI e o mercado financeiro.

O executivo enfatiza a importância dos bancos se alinharem às tendências, mas recomenda atenção às reais necessidades e hábitos dos clientes. As pessoas ficam o dia inteiro na rede social. Mas será que querem o banco conectado permanentemente? Talvez haja um limite para essa aproximação, exemplifica.

Além da abordagem de serviços aos diversos segmentos de clientes, as áreas de TI e logística também enfrentam aparentes paradoxos, que ainda estão por se esclarecer. Ao mesmo tempo que vemos um imenso apelo à computação em nuvem, os maiores bancos do país acabam de investir bilhões em data centers próprios. Enquanto conversamos sobre moeda virtual e carteira eletrônica, ainda tenho que me preocupar em proteger o dinheiro que fica nos ATMs, menciona.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top