Crédito: PayHop

PayHop recebe aporte do CV iDEXO, fundo da TOTVS, para acelerar expansão em cartões e entrar em novo mercado de duplicatas escriturais

O investimento de valor, não divulgado, foi liderado pelo fundo de Corporate Venture Capital da TOTVS, e impulsiona crescimento da PayHop em um mercado que superou R$3 trilhões em cartões em 2023
O mercado de recebíveis de cartões superou a marca de R$3 trilhões em 2023 e o ritmo não deve diminuir tão cedo. Neste cenário favorável, a PayHop, plataforma pioneira em unir fornecedores e varejistas para garantir pagamentos e reduzir a inadimplência na cadeia de distribuição por meio dos recebíveis de cartões, atraiu a atenção do CV iDEXO – o fundo de Corporate Venture Capital (CVC) da TOTVS – que liderou a nova rodada, sem valor divulgado, seguido pelos investidores da rodada anterior: Serasa Experian (Experian Ventures), DOMO܂VC, Citrino, além de investidores anjo.
Com novo aporte, a fintech, avaliada em mais de R$ 50 milhões, expande seu portfólio e começa a atuar com duplicatas escriturais, negócio com potencial de mercado superior a R$10 trilhões, além de impulsionar sua estratégia de Go-To-Market (GTM) e aprofundar a utilização de dados como ferramenta de tomada de decisão.
Também será possível uma integração com os sistemas de gestão da TOTVS. “Nós viabilizamos crédito nas cadeias produtivas com uso dos recebíveis e, por sua vez, esta informação também trafega pelos ERPs da TOTVS, grande player de referência no Brasil. Estamos muito animados com a chegada deste investimento e principalmente com a sinergia que existe entre os negócios”, comenta Eduardo Rossi, CEO e cofundador da PayHop.
Fundada em 2020, a PayHop utiliza recebíveis de cartão de crédito como garantia em operações na cadeia de distribuição. Com isso, fornecedores podem oferecer melhores condições de prazos e financiamento de operações, com a contrapartida de usarem os recebíveis dos varejistas como garantia, sendo a fintech responsável por viabilizar essa operação.
Com a premissa embasada pela regulamentação do Banco Central que dá mais liberdade aos Varejistas em como utilizar seus recebíveis, a PayHop recebeu, em fevereiro de 2022, com uma rodada inicial de R$11,5 milhões liderada pela Experian Ventures – braço de venture capital da Serasa Experian – além da DOMO܂VC e da Citrino Gestão.
Desde então, a empresa expandiu seus negócios significativamente, com mais de 400 mil varejistas cadastrados, mais de 60 parcerias com fornecedores estabelecidas e um volume transacionado de mais de R$200 milhões em 2023. No comparativo entre os dois anos, a fintech alcançou um crescimento de seis vezes no seu faturamento.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top