PagBank registra maior receita líquida no primeiro semestre 2023

O PagBank (NYSE: PAGS) anunciou essa semana os resultados consolidados do primeiro trimestre de 2023 (1T23) com resultado positivo. O banco digital registrou a maior receita líquida de sua história para um primeiro trimestre, chegando a R$ 3,75 bilhões (+9% a.a.). O lucro líquido ajustado atingiu R$ 392 milhões (+6% a.a.), enquanto o lucro líquido contábil foi de R$ 370 milhões (+6% a.a.). 

O crescimento da lucratividade foi impulsionado pelas receitas de adquirência e de serviços financeiros. “Neste último trimestre, observamos um forte crescimento das receitas de adquirência, por conta dos ganhos de participação de mercado em segmentos-chave, carrego positivo da reprecificação realizada ao longo de 2022 na adquirência e receitas de juros provenientes dos nossos serviços financeiros.”, afirma o CEO, Alexandre Magnani.

“É muito significativo que esses resultados positivos ocorram neste momento que sinaliza o início de um novo ciclo para a Companhia. A partir de agora, estamos reposicionando nossas marcas PagBank PagSeguro para somente PagBank, que abrange todas as nossas operações. Trata-se de um movimento natural, que amplifica a compreensão dos nossos serviços além da adquirência e concentra os esforços em disseminar nossa ideia de banco completo. Unificar a marca enfatiza que somos uma instituição forte e consolidada com um ecossistema simples, seguro, acessível e digital”, completa Magnani.
 

Segundo Artur Schunck, CFO do PagBank, “além do crescimento em receitas, outra alavanca de crescimento dos lucros observado no período foi a busca constante por eficiências e disciplina em custos e despesas”. Schunck ainda ressalta que “no primeiro trimestre, a companhia registrou queda nas despesas financeiras em relação ao trimestre anterior e otimização das despesas e investimentos. Fechamos o trimestre com o dobro da participação de mercado em pagamentos desde o IPO ocorrido em janeiro de 2018”, ressalta o CFO.

Destaques operacionais

Em serviços financeiros, a maior conquista foi o atingimento do breakeven point guiado pela melhoria da eficiência e da margem financeira. O volume de depósitos cresceu +66% na comparação com o mesmo trimestre de 2022, chegando a R$ 18,6 bilhões, enquanto a carteira de crédito alcançou R$ 2,7 bilhões (+32% a.a.).

Segundo o CFO, a carteira de crédito foi impulsionada pelo forte crescimento nos empréstimos consignados para servidores públicos, aposentados e pensionistas, saque-aniversário do FGTS e cartão de crédito. Já a alta no total de depósitos foi motivada pelos serviços oferecidos pela Companhia, como a conta que rende mais que a poupança e a oferta dos melhores CDBs do mercado.
 

Em pagamentos, o TPV alcançou os R$ 88,1 bilhões (+ 10% a.a.), enquanto o lucro bruto chegou a R$ 1,2 bilhão. Schunck destaca que o lucro bruto se manteve estável, apesar da desaceleração da economia neste início de ano. “Estamos vivenciando um cenário global de juros altos e no Brasil não é diferente. Observamos uma desaceleração na economia devido à alta dos juros e à inadimplência. Além disso, o número de feriados no ano acaba afetando a atividade econômica, pois nesses dias são registradas menos transações econômicas”, contextualiza.

Aumento da base 

O número de clientes do PagBank chegou à marca de 28,7 milhões neste trimestre, uma adição de 5 milhões nos últimos 12 meses. O crescimento da base de clientes pode ser atribuído aos seguintes fatores, segundo o CEO: “marca forte com comunicação massiva e clara em todos os nossos nos canais de mídia, que agora ganhará ainda mais força com PagBank como marca única; Banco digital completo, com cartões, crédito, investimentos, seguros, Pix e pagamentos de conta; além de constituirmos a maior rede de aceitação de soluções de pagamentos do Brasil”.

Os resultados do PagBank no 1T23 estão disponíveis em Link.

(Fonte: Assessoria de Imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
CMN e BC aprovam medidas para amenizar os efeitos da calamidade pública no RS
O Banco Central monitorará continuamente o funcionamento da intermediação financeira na regiãoEm reunião extraordinária no...
TOP 6
Competição voltada às tecnologias para finanças sustentáveis abre inscrições
Quinta edição do G20 TechSprint foi lançada pelo Banco Central (BC) e o Centro de...
TOP 6
Celcoin adquire startup especializada em regulação bancária e fiscal
Reg+ representa a quarta aquisição em dois anos, e reforça o investimento da empresa em...
TOP 6
Programa Celular Seguro é desconhecido por 40% da população, aponta pesquisa
Levantamento encomendado pela Febraban mostra que 29% dos entrevistados não estão interessados na plataformaAté o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top