One7 compra fintech de antecipação de recebíveis

One7 compra fintech de antecipação de recebíveis

Por Edilma Rodrigues

Empresas estão de olho nos negócios de antecipação de recebíveis. A One7, plataforma de serviços financeiros, adquiriu o controle da fintech Rapidoo, que atua nesse mercado, e injetou R$ 50 milhões para a concessão de crédito. A empresa continuará independente, mas poderá usar a estrutura da One7, reduzindo custos. A informação é do Valor Econômico, que explica: “Na crise, esse tipo de fintech tem sido alvo de investidores pela facilidade de emprestar a micro e pequenos empresários, público carente de recursos na pandemia.” 

Há uma semana, noticiamos a aquisição de participação majoritária na fintech Antecipa, plataforma digital de antecipação de recebíveis pela XP, que justificou o negócio como uma oportunidade para ampliar a grade de produtos e reforçar a presença nos segmentos middle e corporate no Brasil.

Antecipação de recebíveis – um negócio de 5 milhões

De acordo com o Valor Econômico, estima-se em 5 milhões os negócios que podem usufruir de antecipação de recebíveis no país, que têm tido dificuldade de tomada de recursos na crise, em bancos e nas linhas do governo. “As fintechs conseguem chegar na ponta, então cresceu o interesse em ter um negócio desses”, disse Fiuza ao jornal. 

“De maneira geral, os juros para descontar um título ficam, em média, em 2,5% ao mês, mas podem subir a 4% ao mês sem a presença de uma empresa “âncora”. Nos bancos, ficam em média em 1,2%, mais 0,5% em impostos, mas essas instituições são mais restritivas,” mensura a matéria.

O presidente da One7, João Paulo Fiuza, contou ao jornal que o foco serão clientes que faturam até R$ 500 mil por mês, que em geral não têm acesso a crédito nem a serviços como frente de caixa e contas a pagar. “Daremos um salto de ampliação geográfica com a aquisição, atendendo clientes de todo o país.”

Ainda segundo o Valor, entre os negócios da One7, fundada em 2018 no interior de São Paulo, estão uma securitizadora, um Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC multissetorial ONE7 LP) e uma empresa de tecnologia que atendem empresas com faturamento entre R$ 6 milhões e R$ 120 milhões por ano. A companhia reduziu a carteira na crise e usou o caixa para a aquisição.

A Rapidoo, fundada em 2016 pelo alemão Caspar Gerleve e os brasileiros Pedro de Cicco, Raphael Monteiro e Thiago Frigo, atendia empresas com faturamento médio até R$ 100 mil por mês e antecipou R$ 35 milhões. 

Fonte: Valor Econômico

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top