4_iot

O potencial transformador da IoT no mercado financeiro

A Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) avança e pode ser encontrada nas mais diferentes indústrias, permitindo um mundo cada vez mais interconectado. A tecnologia tem capacidade para interligar não apenas “coisas”, mas mercados inteiros porque reúne informações dos consumidores, principal foco dessas aplicações, com interesses mútuos. As seguradoras, por exemplo, podem se unir à indústria automobilística e adequar o modelo de negócios para cada cliente, individualmente, que pagará de acordo com seu perfil único e não com as estatísticas que segmentam grupos.

Para se ter uma ideia das perspectivas, estudo da Frost & Sullivan mostrou que, em 2016, o Brasil movimentou US$ 1,35 bilhão no mercado da Internet da Coisas (IoT). A previsão dos especialistas para 2021 é que esse mercado alcance receitas de US$ 3,29 bi, no Brasil.

No mercado financeiro, há muitas possibilidades, como o monitoramento de produtos, serviços e de clientes. A IoT em aplicativos móveis e wearables transforma o “mobile payment”. Carros conectados podem efetuar pagamentos. O time Original Developers, do Banco Original, acredita que dispositivos de IoT do futuro vão rastrear informações biométricas que mostram os níveis de estresse e ansiedade do cliente. “As empresas poderão usar isso para descobrir quando ele está em melhor estado/situação para tomar boas decisões financeiras e qual seria o melhor momento para acessá-lo com o objetivo de capturar informações e, até mesmo, oferecer um novo serviço.”

Ainda segundo o Original Dev, outras modernidades do setor financeiro podem incluir o papel digital, que poderia, por exemplo, ser embutido nas roupas para exibir as informações de acesso à sua conta quando solicitado, e a tecnologia de reconhecimento do pensamento (ou thought-recognition technology, em inglês), software que pode ler suas expressões faciais e compreender o seu estado emocional, além de poder medir a sua compreensão de produtos financeiros complexos.

O estudo IoT Snapshot, da Logical, analisou a maturidade do mercado brasileiro quanto à adoção de tecnologias de IoT:

4_extras_1

“O estudo investigou o mercado brasileiro nos meses de julho e agosto de 2017, foram realizadas entrevistas com 172 executivos de grandes empresas brasileiras, além de três operadoras de telecomunicações e o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). A amostra buscou refletir a realidade do mercado em termos de verticais abordadas, e se concentrou nas empresas de maior porte. Foram realizadas 176 entrevistas, sendo 160 quantitativas e 16 entrevistas qualitativas. Das empresas participantes, 37% faturam acima de R$ 500 milhões,” informa o portal CIO.

Com informações de CIO, ComputerWorld, Canaltech e Banco Original

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top