O Brasil vai sair da crise mais forte do que quando entrou

O painel de abertura do CIAB FEBRABAN 2017, realizado ontem (6) teve como marca o tom de otimismo frente ao momento de crise que o país atravessa. Com a participação do Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, do prefeito de São Paulo, João Doria e do Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o tom dos discursos foi focado na exaltação da eficiência da indústria financeira como exemplo da capacidade do Brasil em superar momentos difíceis.

O presidente da FEBRABAN, Murilo Portugal, foi o primeiro a apontar para este caminho. Segundo ele, o país sempre extraiu lições e aperfeiçoou instituições ao passar por dificuldades como as atuais. “Foi assim na época da hiperinflação e em outras situações. Tenho certeza de que o Brasil vai sair deste momento mais forte do que quando entrou nele”, disse.

Portugal fez questão de enfatizar à plateia que durante o CIAB todos poderão ver exemplos de superação da indústria financeira e “Isto será motivo para acreditar na nossa capacidade de superar problemas”, declarou.

O ministro Kassab ressaltou a solidez do setor financeiro ao longo da história do país. “Essa indústria tem ajudado o Brasil a superar todas as suas crises e o CIAB nos mostra que isto vai continuar acontecendo”, disse.

O Governador Alckimin fez coro com o ex-prefeito. “O nosso tempo é o tempo da mudança e da velocidade da mudança. Estamos vivendo uma revolução na vida de cada um de nós e o setor financeiro é a vanguarda desta inovação”, disse. Após falar sobre novas formas de licitação e movimentos do governo estadual no sentido de gerar empregos, Alckimin declarou que queria deixar uma palavra de entusiasmo. “Todos os indicadores da economia são positivos. Estou convencido que o Brasil não quer populismo. Quer reformas, eficiência, renda e crescimento”, disse.

Coube ao prefeito Dória encerrar a primeira atividade do dia. Ele comemorou o fato de que os 20 mil visitantes do CIAB também ajudam a irrigar a indústria do turismo de São Paulo. Na sequência ele ressaltou o fato de que o setor financeiro tem a capacidade de influenciar a opinião pública e pautar a economia do país. “Por ter esta importância eu quero pedir a vocês que não percam a esperança no Brasil. Não abandonem as perspectivas de retomada do Brasil. O país é maior do que as suas crises”, finalizou.

O painel teve a participação ainda de Sergio Rial (Presidente do Banco Santander), Maurício Machado de Minas (Presidente do Conselho do Ciab e Vice-Presidente do Banco Bradesco), Gustavo de Souza Fosse (Diretor Setorial de Tecnologia da FEBRABAN e do Ciab e Diretor de TI do Banco do Brasil) e Adalberto Felinto da Cruz Júnior (Secretário-Executivo do Banco Central do Brasil).

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top