Imagem ilustrativa

Número de empresas que fazem transações com criptos salta 35 vezes em 5 anos

por Cláudia Mancini (via site parceiro Blocknews)
O número de empresas que fizeram transações com criptoativos de agosto de 2019 a maio de 2023 cresceu 35 vezes, de 2.261 para 80.245. Esse último foi, inclusive, um recorde mensal, ultrapassando o anterior, de 70.321 em abril passado. Em um ano, o número de CNPJs mais do que dobrou, já que foi de 31.032 em maio de 2022. Isso é o que mostram os últimos dados mensais da Receita Federal sobre operações com moedas digitais.
A comparação do acumulado entre janeiro e maio de 2022 e o mesmo período de 2023 mostrou ainda que os valores que as empresas transacionaram em criptoativos subiu 30%, de R$ 68 bilhões para R$ 88,98 bilhões. Enquanto isso, os valores que as pessoas físicas transacionaram caiu 65%, para R$ 1,57 bilhão neste ano.
Globalmente, há um sentimento positivo de investidores institucionais sobre criptos. Uma pesquisa recente da Binance com 200 gestores institucionais indicou que 63,5% de quem respondeu ao levantamento tem essa percepção em relação aos próximos 12 meses. E que 47,1% manteve a alocação em cripto nos últimos, além de 35,6% aumentar a alocação no mesmo período.
A participação das mulheres nos investimentos em criptoativos também registrou uma marca importante em maio passado, ao chegar a 17,45%. Essa foi a segunda melhor da série histórica de criptoativos da Receita Federal. A melhor foi a de 17,89%, em agosto de 2019, quando a série começou. Em valores, a participação das mulheres também teve um aumento de abril (10,55%) para maio (12,04%).
O interesse crescente das mulheres por criptoativos ainda mais claro na pesquisa “Moedas Digitais 2023” da Bitso. Segundo o levantamento, 58% das pessoas que nunca tiveram criptomoedas, mas que têm interesse em ter, são mulheres. Além disso, 41% delas compraram mais moedas digitais durante o inverno cripto, que começou no final de 2021, do que os homens (28%). O levantamento foi conduzido pelo Blocknews e pela Cantarino Brasileiro.
No entanto, o relatório da Receita Federal sobre criptoativos mostra que a comparação mensal entre abril e maio de 2023, além do número de CNPJs, também caiu o número de CPFs e os valores das transações desses dois grupos de usuários.
O número de CPFs passou de 2.013.475 para 1.920.177, uma redução de cerca de 4%. Nesse mesmo período, os valores de transações de PFs caiu 43%, de R$ 114,51 milhões para R$ 65,37 milhões. O de CNPJs caiu de R$ 21,745 bilhões para R$ 16,1 bilhões, retração de 26%. Nesse caso, a maior queda veio das transações de empresas em exchanges no exterior, que baixou 68% para R$ 1,5 bilhão.

(FONTE: Blocknews)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top