Crédito: Neon

Neon lança novo app com integrações que beneficiam o ‘brasileiro trabalhador’

Entre as novidades está a Lente Neon possibilita a leitura de chaves Pix manuscritas e a integração gradativa da cartela de produtos e serviços da fintech
A fintech Neon lançou essa semana um novo aplicativo focado em atender às demandas de seu público-alvo, o brasileiro trabalhador, e com isso, aumentar a base de clientes.

“Estamos trazendo inovações no novo aplicativo capazes de aumentar substancialmente a geração de vendas cruzadas, por meio da personalização estratégica de ofertas e do desenvolvimento inédito em tecnologia que temos realizado no atual momento da empresa. Apenas em 2023, transacionamos mais de 120 bilhões de reais em Pix e cartões da Neon”, afirma Fernando Miranda, co-presidente da fintech.

O novo aplicativo trará atualizações significativas e mais funcionalidades aos clientes. Exemplo disso é a Lente Neon, que possibilita a leitura de chaves Pix manuscritas, ou seja, a possibilidade de identificar as chaves para transferências apenas posicionando a câmera do celular sobre um documento ou qualquer local com anotações legíveis, como CPFs, CNPJs, e-mails e números de celular. A ferramenta será disponibilizada juntamente às funcionalidades de leitura dos códigos QR e dos boletos, presentes na versão antiga do aplicativo.

“Estamos sempre pensando em formas de gerar impacto e simplificar ‘o corre’ de quem não pode parar, por isso, o recurso é especialmente benéfico para aquele vendedor autônomo que utiliza plaquinhas de Pix feitas com papel e caneta, por exemplo, contribuindo com o aumento da eficiência e fluidez no dia a dia de trabalho” afirma Miranda. Outra novidade é o atalho Pix Cash na página de login, facilitando mais ainda a vida do autônomo. O recurso permite receber PIX da área não logada de forma simples e rápida.

A solução prevê ainda a integração gradativa da cartela de produtos e serviços da Neon oferecidos por meio de suas empresas adquiridas: MEI Fácil, Leve, ConsigaMais+ e Biorc. Ou seja, em breve, os clientes da fintech terão acesso, em um único lugar, a todas as operações financeiras disponibilizadas pela instituição.

“O novo app foi pensado e desenvolvido para atender as necessidades do nosso público, composto principalmente pelos brasileiros de menor renda que, muitas das vezes, infelizmente ainda são prejudicados pela falta de proficiência digital. Por isso, criamos uma solução robusta que se apresenta de forma descomplicada e inclusiva, para garantir que todos possam utilizar os nossos serviços independentemente do seu nível de conhecimento tecnológico”, avalia o co-presidente.

A fintech, que está de olho no breakeven, tem investido em tecnologia para atingir o objetivo. A trajetória atual da Neon caminha no sentido de transição de uma fintech para bigtech. “Nossa prioridade no momento é investir e desenvolver tecnologia, buscando a solução do nosso principal desafio: estruturar um modelo de negócios sustentável que amplia o crédito de clientes de baixa renda que, em sua maioria, infelizmente, também estão endividados”, declara Miranda. De acordo com o executivo, “A tecnologia bem feita não apenas melhora a experiência dos clientes, mas também reduz o próprio custo de servir”, conclui.
Desde a sua criação, há cerca de oito anos, a fintech Neon tem alcançado um aumento significativo do seu portfólio de clientes ano a ano, abocanhado hoje uma fatia de cerca de 30 milhões de clientes brasileiros. Essa ascensão se reflete no faturamento da empresa, que cresceu 130% em 2023, comparado a 2022. Ao longo do último ano, o volume de transações com os cartões da Neon cresceu 66% em relação ao ano anterior, e as carteiras de cartão de crédito e crédito consignado privado cresceram 211%, e 23%, respectivamente.

Cross-industry

A estratégia do Neon para monetizar e ampliar a base passa pelo conceito de integrar os serviços financeiros a outros setores. Marcelo Haddad, head de produtos do banco digital, falou sobre o tema em painel durante o Fórum Bancos & Banking. Ouça a discussão na íntegra:
(Fonte: Assessoria de Imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
CMN e BC aprovam medidas para amenizar os efeitos da calamidade pública no RS
O Banco Central monitorará continuamente o funcionamento da intermediação financeira na regiãoEm reunião extraordinária no...
TOP 6
Competição voltada às tecnologias para finanças sustentáveis abre inscrições
Quinta edição do G20 TechSprint foi lançada pelo Banco Central (BC) e o Centro de...
TOP 6
Celcoin adquire startup especializada em regulação bancária e fiscal
Reg+ representa a quarta aquisição em dois anos, e reforça o investimento da empresa em...
TOP 6
Programa Celular Seguro é desconhecido por 40% da população, aponta pesquisa
Levantamento encomendado pela Febraban mostra que 29% dos entrevistados não estão interessados na plataformaAté o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top