nota2

KPN e QuTech unem forças para tornar a internet quântica realidade

A KPN e a QuTech assinaram novo acordo de cooperação para trabalharem juntas para tornar a internet quântica uma realidade. A KPN vai fornecer a infraestrutura e os locais que a QuTech, cooperação entre a TU Delft e a TNO, vai usar para pesquisa e desenvolvimento.

A Internet quântica é uma rede, conectada oticamente, de computadores quânticos (pequenos). Essa rede habilita a troca de bits quânticos entre qualquer um dos processadores quânticos conectados, a fim de resolver problemas classicamente intratáveis, incluindo temporização de alta precisão, bem como acesso seguro a computadores quânticos na nuvem. Outra aplicação almejada em uma internet quântica é propiciar privacidade praticamente indestrutível e uma base de comunicação segura, garantida pelas leis fundamentais da física.

“Estamos muito impressionados com as competências líderes mundiais da TU Delft e da TNO na exploração tanto fundamental quanto aplicada da tecnologia quântica. A KPN está ansiosa para trabalhar com a QuTech no caminho para uma internet baseada em quantum,” assinala Jan Kees de Jager, diretor financeiro da KPN e presidente do conselho econômico Zuid-Holland.

Stephanie Wehner, líder do Roadmap Quantum Internet e da Networked Computing da QuTech, explica que o acordo é um marco importante para a construção da primeira rede quântica na Holanda. Essa rede, baseada no entrelaçamento quântico, vai conectar várias cidades holandesas em uma rede quântica rudimentar. “A cooperação com a KPN constitui um passo essencial para aproximar a tecnologia quântica do nosso sonho final, ou seja, que qualquer pessoa na Europa – e, em última instância, no mundo – possa usar uma internet quântica”, comenta Stephanie.

“Nossa cooperação na criação dos links iniciais vai levar a um futuro pós-quântico mais seguro e inovador, uma vez que a chegada de computadores quânticos, em última instância, vai acabar tornando insegura a criptografia atual. Melhorar a segurança online é uma das principais prioridades da KPN e esta cooperação pavimenta uma nova internet baseada em quantum ”, comenta Jaya Baloo, CISO e Embaixador Quântico da KPN.

Vários Estados-Membros da UE assinaram recentemente uma declaração para trabalhar em conjunto numa infraestrutura espacial e terrestre para a comunicação quântica. Freeke Heijman, em contato com o Ministério de Assuntos Econômicos e Políticas Climáticas, enfatiza: “A colaboração entre a KPN e a QuTech garante que os Países Baixos desempenhem um papel significativo neste ecossistema em desenvolvimento.”

A KPN é a operadora de telecomunicações líder na Holanda. A empresa acredita no poder da conexão desde quase cento e cinquenta anos. Em 1881, a KPN começou a construir a rede nacional de telefonia pública na Holanda e introduziu o país ao milagre das telecomunicações. Esta foi a base para a ampla rede KPN de hoje em todo o país. Hoje, a KPN está construindo a rodovia holandesa digital do futuro, estendendo fibra para mais de 1 milhão de residências no período 2019-2021 e atualizando sua rede móvel para torná-la pronta para 5G, a próxima geração de tecnologia móvel.

A QuTech é o avançado centro de pesquisa para computação quântica e internet quântica, parceria firmada em 2014 pela Universidade de Tecnologia de Delft (TU Delft) e pela Organização Holandesa de Pesquisa Científica Aplicada (TNO). Em 2015, a QuTech ultrapassou um importante marco em direção a uma internet quântica de múltiplos nós rudimentares na Holanda: o primeiro “teste de sondagem Bell sem falhas”. Em um teste Bell sem falhas, dois sistemas remotos – no nosso caso, com 1,3 km de distância – mostram correlações que desafiam qualquer explicação por meio da física clássica. A QuTech também lidera a European Quantum Internet Alliance na Flagship da UE em Tecnologias Quantum.

Semana que vem, em São Paulo, acontece um importante evento sobre o tema, o Quantum View, organizado pela Cantarino Brasileiro, vai explorar esse universo e discutir os principais conceitos da computação quântica aplicada aos negócios. 

O evento reúne líderes, executivos de grandes companhias, bancos, varejo, fintechs, startups para discutir o tema. Entre os tópicos abordados no congresso estão: computação quântica – como funciona e quais as perspectivas de uso; como aplicar e usufruir o potencial quântico nos negócios; a computação quântica pode mudar os padrões de segurança? e como se preparar para o futuro quântico, entre outros.

Para se inscrever, acesse o link.

Serviço:

Quantum View
Data: 3 de julho de 2019
Horário: das 09h00 às 14h00
Local: inovabra habitat
End.: Angélica, 2529 – 10º andar
Consolação – São Paulo

Fonte: QU Tech e Cantarino Brasileiro

Tradução e adaptação: Edilma Rodrigues

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top