nota7

Ituran Brasil quer ampliar sua participação no mercado brasileiro com tecnologias inteligentes

Por Edilma Rodrigues

A Ituran, empresa de rastreamento automotivo, investe em inovação tecnológica para crescer no mercado brasileiro, com serviços para pessoas das classes B e C, que não possuem seguro de carro. A expectativa da empresa israelense, que está há 20 anos no Brasil, é ampliar as vendas em até 15% este ano e 20% em 2020. O CEO da Ituran Brasil, Amit Louzon, explica que, desde que a companhia chegou ao País, ela investiu 40 milhões de dólares e vai investir 5 milhões de reais no próximo ano, especialmente em soluções inteligentes e na ampliação de sua participação em outros estados, além do Rio de Janeiro e São Paulo, onde atua mais fortemente.

Os investimentos em tecnologia permitiram que a empresa, que no passado era lembrada como referência em rastreamento veicular, passasse a ser uma companhia que acompanha a evolução tecnológica com soluções como de big data para analisar o comportamento dos motoristas para conhecer o risco real do cliente e cobrar de acordo com cada perfil, aumentando ou diminuindo o valor do seguro.

Outro segmento que deve ser fortalecido com as novas soluções da Ituran Brasil é o corporativo, com app que permite a empresas controlar frotas e conhecer o comportamento de seus motoristas.

De acordo com Louzon, a análise e a interpretação de grandes volumes de dados mudaram o conceito do negócio e da relação com o público. A tecnologia permite definir, semana após semana, a utilização real do veículo. Essa mudança reduz os custos para os consumidores, além de proporcionar auxílio em casos de emergência,” assinala.

Deste modo, a tecnologia permitirá revelar o real uso do veículo neste novo cenário. “Se o condutor reside em uma região com maior incidência de roubo e furto, mas o uso do carro é restrito a horários com baixe índice de sinistralidade, o custo do seguro poderá ser menor. Contudo, o contrário também pode ocorrer se o dono do veículo circular em regiões de grande risco. É uma mudança de paradigma”, explica.

Toda essa evolução e forte investimento em tecnologia permitirá que a Ituran Brasil cresça de maneira sustentada no próximo ano. “Estamos preparados para avançar. Conseguimos diminuir de 55 para 26 minutos o tempo de resposta ao ponto de localização de um veículo roubado ou furtado. Sofisticados algoritmos de grande complexidade resultam em análises comportamentais cada vez mais precisas, facilitando o trabalho das equipes de recuperação – que ficam distribuídas em zonas estratégicas”, afirma o CEO.

Louzon lembra que o Brasil, em faturamento, é o mercado mais promissor da companhia. “Somos líderes de faturamento no grupo. A Ituran acredita no País e continuará investindo por aqui. Essa é a nossa meta”, finalizou.

Rastreamento com seguro

A companhia lançou o Ituran com Seguros (ICS), que, de acordo com a empresa, promove a inclusão de milhares de pessoas, uma vez que atende às necessidades de quem quer segurar seu veículo, mas não tem condições, muitas vezes, de arcar com os altos valores das apólices tradicionais. Esse resultado é fruto de parcerias com sólidas companhias como Tokio Marine, HDI Seguros, Liberty Seguros e MAPFRE, seguradoras multinacionais importantes no segmento. “Fomos os idealizadores deste tipo de seguro e nossos principais diferenciais são o porte das seguradoras parceiras, o sucesso na recuperação de veículos e a contratação rápida e fácil via e-commerce, televendas, lojas credenciadas e corretores”, avalia Louzon. 

O Ituran com Seguro é oferecido em todo o país, contemplando veículos com até 20 anos de fabricação, além de aceitar veículos de transporte de passageiros por aplicativos e táxis. As coberturas para terceiros e perda total por colisão podem ser contratadas de forma adicional. “Aceitamos veículos de até R$ 130 mil, isso nos dá a possibilidade de cobrir automóveis de maior valor”, enfatiza Louzon.

Segundo ele, a Ituran já emitiu mais 1,7 milhão de apólices.

O perfil dos clientes da Ituran Brasil se divide em 72% homens e 28% mulheres, com idade média de 39 anos. O tempo de uso do veículo é de oito anos, em média.

Pesquisa da empresa sobre os incidentes

A empresa fez um levantamento dos sinistros por modelo de veículo, período do dia e bairros de São Paulo com mais ocorrências, além dos roubos e furtos por estado.

width=362

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top