3_itau_retira_operacional_da_area_comercial_middle_market_e_melhora_desempenho

Itaú retira operacional da área comercial Middle Market e melhora desempenho

O banco Itaú reduziu em 86% a carga operacional, com abertura e manutenção de conta corrente e 93% nos processos de manutenção de poderes da área comercial do segmento Middle Market. A iniciativa, que redirecionou essas atividades para os setores competentes, ampliou a dedicação da equipe comercial a novos negócios e à proximidade com os clientes. E, assim, estreitou o relacionamento e aumentou a percepção de qualidade, o que melhorou a experiência e a satisfação dos clientes. O projeto “Conta Corrente, Relacionamento e Poderes do Middle Market” concorre ao Prêmio Relatório Bancário 2017, nas categorias Produtos para Conta Corrente, Eficiência Operacional e Processos.

Antes da implantação, havia muito esforço do comercial em atividades sem fins comerciais, como tarefas operacionais que exigiam conhecimento técnico específico em documentação societária, que exigiam conhecimentos técnicos específicos em assuntos jurídicos e societários. Cadastramento da abertura e manutenção de conta, solução de problemas de sistemas, cobrança de documentos e pendências impactavam no tempo de entrega e na percepção de qualidade do cliente em relação aos produtos de conta corrente e poderes. Outro problema era o alto índice de rejeição na análise de documentos jurídico-societários (média de 46%), devido a entradas de solicitações incompletas ou com erros, acarretando em retrabalho para a área de operações.

Segundo o Itaú, o principal desafio foi transformar e transferir a carga operacional da área comercial e alocá-la em áreas específicas. Mas o resultado aprimorou a organização processual e de estrutura para que essas atividades estivessem em área que detivesse conhecimento técnico e jurídico, e pudesse assessorar de forma mais assertiva as dúvidas relacionadas a documentos dos clientes. A redução do tempo de processamento interno foi de 37% e do índice de rejeição foi de 30%.  “Houve implantações de ações de reaproveitamento de documentos, proatividade na resolução de problemas como a baixa qualidade da matéria prima e orientações aos colaboradores pela gestão,” explica o banco.

O projeto garantiu ao Itaú-Unibanco valor presente líquido (VPL) de R$ 23,5 MM e sinergia entre os times comercial e operações. para promover a melhor solução. A centralização em área técnica a análise documental para efetivação da abertura da conta, ainda mitigou riscos operacionais, seguindo rigorosamente as normativos do BACEN. Outro benefício foi que a estrutura implantada com o projeto foi desenvolvida baseada em soluções e automatizações que mitigam / diminuem o uso de papel (físico), substituindo-o por transações digitais.

O banco montou estrutura operacional com 26 colaboradores em área centralizada para reduzir o esforço da área comercial (possibilitando a redução de quadro por eficiência ou geração de resultados). Esta estrutura operacional está alocada em uma gerência especializada em cadastro e conta corrente e realiza atividades de assessoria técnica ao cliente, análise documental e cadastro da conta corrente e poderes nas exigências das legislações e das normativos do banco

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top