Insights 4 | A transformação das empresas e dos canais digitais

Uma pesquisa do Visual Catalyst registrou que em 2020 foram feitas no mundo mais de 1,6 milhões de transações em e-commerce em um minuto. A informação é movida pela mudança de comportamento do consumidor e sustenta a principal transformação trazida pela pandemia. O tema também norteou o painel A transformação das empresas e dos canais digitais, realizado durante o evento presencial da Cantarino Brasileiro que encerrou a trilha de bancos digitais em 2022.

“A gente vai falar da transformação das empresas e os canais digitais, que claramente é um desafio para todo mundo, já que o consumidor está perdido, não sabe o que fazer e acaba indo para o Procon quando poderia resolver talvez em um App ou no próprio whatsApp”, introduziu a mediadora, Mellissa Penteado, CEO da proScore.

Para falar sobre o tema de forma abrangente foram convidados: Mônica Venâncio, CCAAS Sales Specialist da Talkdesk; Gustavo Del Favero, CEO da Brasil Business  da Mintech; e Nathália Alexandria, CEO da Cashu. 

O principal vetor de transformação vivido nos últimos tempos, a pandemia do Covid-19, norteou a primeira pergunta da mediadora: “O que vocês tiveram que pivotar no modelo de negócio para não perder a conversão e não perder sustentação de clientes?”.  

Venâncio lembrou que a transformação digital já era uma realidade antes da pandemia, mas o processo foi acelerado em pelo menos dois anos. “O whatsApp era o canal mais usado e continua sendo mais usado, mas a pandemia trouxe até para o nosso relacionamento interpessoal a necessidade desse canal. Mas, como é que eu faço para que esse mundo digital seja protegido?”, pontuou a Sales Specialist da TalkDesk,  empresa que vende soluções de atendimento ao cliente.

A resposta à pergunta, segundo ela, está na aderência da empresa em conhecer o perfil dos clientes: “é o que trouxe a vantagem para a Talkdesk e permitiu que trouxéssemos novos clientes e mantivéssemos os antigos. A gente tem que juntar todos esses mundos, essas vidas de pessoas e a tecnologia da melhor forma possível, entendendo como é a melhor forma de tratar com elas”, reforçou. 

A representante da Cashu também salientou a importância de se conhecer o cliente, mesmo no ambiente B2B: “ Não é porque eu estou num ambiente digital que eu tenho que esquecer que existe uma pessoa na outra ponta”, ressaltou.

Já para a Mintech, que tem a geração de dados no core business, a pandemia trouxe a necessidade de garantir mais segurança, transparência e legitimidade em relação à operação brasileira, segundo Gustavo. 

Assumindo o atendimento personalizado ao cliente como ponto central na transformação das três empresas, a mediadora fez desse o tema central na segunda parte do painel, colocando os dados – acesso e interpretação –, mas uma vez em evidência. 

“Não importa se o mercado é B2B ou B2C, como que eu consigo trazer essa individualização da pessoa no momento que eu quero?”, questionou.

“Eu sou uma fintech de buy now pay later, mas no fundo, o que eu faço? Uma operação de cessão sem direito de regresso. Enquanto todos os bancos do mercado financeiro fazem isso. Mas aí, qual é o diferencial? Eu aplico data science, aplico inteligência artificial e experiência pessoal para chegar dentro de um mesmo cluster – de baixo, médio ou alto risco – e oferecer taxas diferenciadas, porque eu conheço na essência o meu cliente e conheço o risco dele”, destacou Nathália. Para ela, mais importante que o canal que será usado para promover essa diferenciação, é a experiência, daí a importância do acesso e interpretação dos dados. 

O representante da Mintech lembrou de outro fator importante para proporcionar uma boa experiência ao cliente: a instantaneidade. “Olhar para o passado é importante, é claro. Ele pode prever o futuro, sem dúvida. Eu sou super fã de modelagem, eu sou apaixonado por isso e funciona e é fundamental. Mas, olhar só para isso não vai mais funcionar, a campanha vai estar velha, com 15 minutos de diferença”, pontuou.

Em tom descontraído, a mediadora usou o acesso aos dados citado anteriormente e a transformação digital apontada no início do debate pelos painelistas para promover uma reflexão sobre o tipo de informação que os dados sobre o comportamento digital do consumidor podem gerar às empresas. 

“Você deixa uma trilha digital que começa a trazer economia informal, informações importantes sobre seu comportamento”, analisou o representante da Mintech. “Aplicações que são absolutamente óbvias, mas a gente nunca pensou em usar assim. ‘Ele não tem passagem em birôs tradicionais, não está negativado, não tem score, mas tem Waze instalado. Nenhum pedestre tem o Waze, então ele tem carro’. Opa! É um cheiro diferente. Então, por que a pessoa começa a olhar para ele ou tem uma conversa diferente, etc.”, exemplificou.

Olhando para as necessidades do mercado de crédito, Nathália complementou: “a gente começa a sair de um modelo de árvore de decisão, que é aquele que tem restrição sim ou não, dou crédito ou não, e passa para um modelo mais amplo, onde há informações sobre quantas vezes o cliente entrou em um aplicativo, se ele teve transação recente com cartão de crédito ou não, e por aí vai”. 

A interação entre os painelistas seguiu entrosada até o término do painel e você poderá conferir o conteúdo na íntegra em breve, no nosso canal do YouTube (não se esqueça de se inscrever para ser notificado sobre as novidades). 

Compartilhe

Notícias relacionadas

Exclusiva
Projeto de impacto incentiva educação financeira em casa
Iniciativa da Singularity University Chapter São Paulo gerou um e-book que será lançado em evento...
Exclusiva
O papel do ecossistema financeiro no Fórum Econômico Mundial 2024
por Ana Carolina LahrEntre os dias 15 e 19 deste mês, aconteceu em Davos, Suíça,...
Exclusiva
Tendências da 114ª NRF para o setor financeiro
por Ana Carolina Lahr A 114ª NRF (National Retail Federation), a maior e mais tradicional...
Exclusiva
Prêmio Banking Transformation reforça necessidade de uma agenda ESG transversal
Dados revelam a diversidade na composição dos times envolvidos nos cases inscritos; reflexão é incentivada...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top