iBest divulga os dez superapps mais relevantes do Brasil e o LinkedIn inclui duas fintechs em sua lista top dez

iBest divulga os dez superapps mais relevantes do Brasil e o LinkedIn inclui duas fintechs em sua lista top dez

Por Edilma Rodrigues

O iBest aponta as dez maiores iniciativas de bancos digitais e empresas de varejo, segmentos que têm criado e aumentado a oferta de produtos e serviços em suas plataformas digitais no Brasil. Os campeões da área, que na sua grande maioria não vem do sistema financeiro, são: Ame Digital; Banco Inter; Cielo Pay; MagaluPay; Mercado Pago; Next; PagBank; PicPay; Rappipay e RecargaPay.

Outro reconhecimento, dessa vez para startups, é a lista LinkedIn Top Startups 2020, que traz um dos rankings mais ecléticos desde seu lançamento no país, em 2017. Fintech, logística, saúde e gestão de imóveis estão entre os serviços prestados por empresas que, especialmente em 2020, têm na resiliência e superação da crise causada pelo coronavírus o seu elo em comum. 

Entre as dez startups da lista do LinkedIn estão duas do segmento financeiro: as fintechs Neon, de pagamentos e conta digital, em 4º lugar, e a Xerpa, que criou o app Xerpay de adiantamento salarial, que permite o acesso ao salário, de acordo com os dias trabalhados, antes da data de pagamento, em 7º. 

O Prêmio iBest

O iBest explica que, com a crescente disputa por um lugar na primeira tela do celular dos seus clientes, essas companhias entraram em competição direta pelos consumidores, com seus superapps. O objetivo é concentrar diversas e mais importantes soluções em um único lugar, de maneira a fidelizar e atrair novos clientes.

O Prêmio iBest contempla 54 categorias, com duas premiações em cada uma delas: Popular (onde todos brasileiros maiores de 16 anos podem votar) e o Oficial (escolhido por um grupo de especialistas e personalidades). “Os dez finalistas em cada uma das categorias do Prêmio iBest foram selecionados pela sua relevância na internet como um todo. Para isso, o iBest utiliza um algoritmo exclusivo, que analisou a presença e engajamento de marcas e influenciadores no Instagram, Twitter, Facebook, Youtube, sites e aplicativos,” assinala a empresa em nota.

Depois de marcar época na internet, o Prêmio ressurge com uma dinâmica renovada e um alcance maior. “Estamos trazemos de volta um selo de qualidade que continua a apresentar o que há de mais importante e interessante para os brasileiros, afirma o empreendedor e fundador do prêmio, Marcos Wettreich. 

Os campeões, assim como os finalistas (Top 10 e Top 3), receberão o selo iBest, um troféu digital que mostra ao mercado e aos consumidores que a iniciativa se destaca em relação aos demais competidores por sua relevância, e no Prêmio Popular com a distinção única e inequívoca de ter sido definida por votação aberta pelos brasileiros. Entre tantas ótimas alternativas para os consumidores, chegar ao topo não é para qualquer um. É uma realização que merece reconhecimento e visibilidade para a marca, explica Wettreich.

LinkedIn Top Startups 2020

Em comunicado, o LinkedIn explica que a metodologia para escolha se manteve a mesma do ano passado, com um único diferencial: a pandemia instaurada mundialmente fez com que a análise das empresas tivesse um recorte de tempo. Ao invés de um ano, as companhias foram analisadas de janeiro a julho de 2020. 

Para serem elegíveis, elas devem ser independentes e privadas, ter 50 ou mais empregados no país, ter sete anos ou menos e estar sediada no Brasil. Para garantir a inclusão de empresas com forte potencial de crescimento, as startups que dispensaram 20% ou mais de sua força de trabalho dentro do prazo da metodologia também são inelegíveis. 

A lista 2020 reflete o estado atual da economia e do mundo, apresentando startups emergentes e resilientes e como elas estão operando neste universo em constante mudança, comenta o editor-chefe do LinkedIn para a América Latina, Rafael Kato. O ranking das LinkedIn Top Startups é produzido pela equipe do LinkedIn Notícias usando uma combinação de dados da plataforma e análise editorial.

Lista LinkedIn Top Startups 2020: 

1. Menu – e-commerce B2B que conecta distribuidores e indústrias com estabelecimentos comerciais
2. Loft – adquire e reforma imóveis para venda
3. Consiga Mais – apoio aos clientes na organização das finanças
4. Neon – Fintech
5. Loggi – serviços de logística
6. Yuca – adquire e reforma imóveis para locação
7. Xerpa – soluções para automatizar gestão de recursos dos trabalhadores
8. Conexa Saúde – plataforma de telemedicina
9. Buser Brasil – aplicativo de transporte colaborativo
10. Zenklub – plataforma de saúde emocional 

Loggi, Neon e Loft foram reconhecidas em 2019 e permaneceram no ranking 2020, mostrando que mantiveram suas atividades mesmo com a crise sanitária. 

A lista deste ano nos mostra que as startups vivem um momento desafiador no Brasil e, mesmo diante de adversidade econômica e social, estão conseguindo se destacar. Temos bons exemplos de medidas tomadas para ajustar o modelo de atuação de negócios que podem perfeitamente ser aplicadas por qualquer tipo de empresa, não apenas startups, comenta Kato.

Com informações das assessorias de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top