Hiperautomação é diferencial raro quando o desafio envolve IA

Por Leandro Liez, Head de Novos Negócios e Inteligência Artificial na 7COMm
A implementação da Inteligência Artificial (IA) nas empresas é um processo complexo que exige uma abordagem cuidadosa e estratégica. Uma consultoria experiente e de confiança é essencial para ajudar as organizações a alinharem a IA aos seus objetivos de negócio, para garantir integração eficaz aos sistemas existentes. 
É preciso, antes de tudo, entender a importância de avaliar as necessidades específicas do cliente, para que a aplicação estratégica da automação de processos com IA seja, de fato, capaz de transformar negócios e aumentar a competitividade.
O primeiro passo para uma implementação bem-sucedida de IA é compreender profundamente as “dores” e desafios específicos do cliente. Avaliar minuciosamente o ambiente, identificando pontos críticos que podem se beneficiar da automação e otimização proporcionadas pela IA. Este diagnóstico preciso permite sua aplicação em áreas estratégicas, garantindo que a IA realmente agregue valor e transforme processos de maneira significativa.
Tudo isso objetiva ajudar na definição de uma estratégia assertiva e evitar a implementação de soluções que não estejam diretamente conectadas às metas empresariais. O passo mais importante, no entanto, é quando unimos “automação de processos” e “IA”, gerando grande diferencial, que chamamos de hiperautomação de processos, combustível essencial para a transformação.

Simplificando a transformação

A jornada de transformação do negócio com IA exige cuidados e, para simplificar esse processo, criamos o AIDataCapture7, pronto para analisar grandes quantidades de dados e identificar padrões e insights valiosos. Esse recurso é crucial para maximizar o impacto da IA na operação. 
É preciso saber como navegar pelos desafios técnicos e operacionais dessa trilha, para garantir que as novas soluções de IA se complementem e potencializem as ferramentas já utilizadas pela empresa. Nessa missão, é fundamental contar com um time altamente capacitado para garantir segurança e assertividade.
No mercado financeiro, por exemplo, já colecionamos bons casos de uso com o AIFIXCODE7, para correção automática de códigos, ao ampliar e agilizar a segurança — fator crítico nesse setor. Além de proporcionar significativo ganho de tempo aos desenvolvedores.

Nova era da automação

É importante reiterar, portanto, que a IA é chave na automação de processos e ainda que não é “bala de prata” para todos os problemas. Por isso, é importante avaliar cada caso e personalizar as soluções de IA de acordo com as necessidades específicas de cada cliente.
Isso significa criar planejamento sob medida que realmente atenda às demandas e desafios únicos da empresa, ao aumentar sua competitividade e eficácia operacional. É uma abordagem de negócio e não puramente tecnológica. Esta é a chave para o sucesso da implementação e, consequentemente, dos resultados.
Toda essa transformação proporcionada pela IA gera satisfação dos colaboradores, um resultado intangível e extremamente valioso. Quando os processos são automatizados, os colaboradores podem focar em atividades mais estratégicas. Isso não apenas melhora a eficiência, mas também aumenta o engajamento e a motivação da equipe e cria um ambiente de trabalho mais positivo e produtivo.
A implementação de Inteligência Artificial nas empresas, quando conduzida com segurança e confiança, pode transformar profundamente a forma de trabalhar na era digital, que exige alta velocidade em inovações e entregas, sem perder oportunidades que podem mudar o rumo dos negócios e levá-los a patamares inimagináveis.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Ponto de vista
O mundo está mudando e o Real também
Por Patricio Santelices, CEO da TecBanO Plano Real está caminhando para completar 30 anos e...
Ponto de vista
Revolução no setor financeiro alcança obrigações legais
Por Marcelo França, CEO da CelcoinNos últimos anos, o setor financeiro brasileiro tem passado por...
Exclusiva
Novas normas trazem ESG à contabilidade do ecossistema financeiro
Regulação define critérios para medição de riscos ambientais e sociais nas carteiras de crédito e...
Ponto de vista
Tendências tecnológicas para o setor financeiro em 2024
Wagner Martin, VP de negócios da Veritran no BrasilEm um cenário marcado pelos avanços tecnológicos...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top