economia circular

Banco do Nordeste lança Plano de Ação de Economia Circular

class=wp-image-17199

 

O Banco do Nordeste anunciou que realizará na segunda-feira (10), o lançamento do Plano de Ação Territorial (PAT) da Economia Circular da região metropolitana de Salvador. Promovido pelo Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste (Prodeter) e com a coordenação dos diversos atores que participaram da formação do Comitê Gestor da atividade o PAT da Economia Circular nasceu de uma demanda das instituições, parceiros institucionais e econômicos da região metropolitana, que identificaram na economia circular a atividade a ser priorizada e fortalecida por meio de uma governança local. 

“A economia circular se apresenta cada vez mais como uma questão vital. Ela é um potencial extraordinário para geração de emprego e renda e dá conta da perspectiva de sustentabilidade ambiental. Este é o primeiro PAT, mas que sirva de modelo para diversos outros, de modo a ser interiorizado não somente na Bahia, como em outros estados do Brasil”, destacou o superintendente estadual Diego Rocha.

O representante da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Luiz Hermida, destacou o entusiasmo em atuar no alinhamento de estratégias para a implementação de um Plano de Ação Territorial voltado para economia circular na região metropolitana. Segundo Hermida, “a gestão dos resíduos é uma tarefa de responsabilidade compartilhada por todos: setor privado, público e pela coletividade. Atuar na economia circular é uma ação de impacto transformadora e esse PAT tem tudo para ser um PAT diferenciado”.

Em ação

As ações estão pautadas no crescimento da cadeia, na formação e capacitação dos catadores de materiais recicláveis e na incorporação de inovações tecnológicas que, concomitantemente, atendem aos pilares da política ASG (Ambiental, Social e Governança).

Como parte das entregas da primeira etapa do plano de ação, a empresa Braskem, integrante do comitê gestor do PAT Economia Circular, certificará na agentes de gestão de cooperativas de triagem de resíduos sólidos urbanos que participaram de curso de capacitação, promovido pelo Programa Ser+ da companhia. O treinamento, com duração de seis meses, visou preparar novos cooperados para apoiar os líderes na gestão das entidades, a partir do desenvolvimento de competências em gestão de processos, gerenciamento e recrutamento de pessoas, controle e mensuração de indicadores e implementação de ações.  

Dentre os parceiros na composição do PAT Economia Circular, estão as prefeituras de cinco municípios – Salvador, Mata de São João, Simões Filho, Lauro de Freitas e Camaçari –, além da Unesco Sost – Transcriativa, Fundação José Silveira, Braskem, Carbongreen, Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Governo do Estado, Central Única das Favelas (CUFA), Sebrae e cooperativas de tratamento de resíduos sólidos. 

(FONTE: FIEB)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
CMN e BC aprovam medidas para amenizar os efeitos da calamidade pública no RS
O Banco Central monitorará continuamente o funcionamento da intermediação financeira na regiãoEm reunião extraordinária no...
TOP 6
Competição voltada às tecnologias para finanças sustentáveis abre inscrições
Quinta edição do G20 TechSprint foi lançada pelo Banco Central (BC) e o Centro de...
TOP 6
Celcoin adquire startup especializada em regulação bancária e fiscal
Reg+ representa a quarta aquisição em dois anos, e reforça o investimento da empresa em...
TOP 6
Programa Celular Seguro é desconhecido por 40% da população, aponta pesquisa
Levantamento encomendado pela Febraban mostra que 29% dos entrevistados não estão interessados na plataformaAté o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top