Gestão correta de resíduos eletro eletrônicos gera economia de até R$ 500 mil por ano e oportunidade de negócios para bancos

Ao participar do painel sobre a responsabilidade socioambiental no dia a dia das Instituições Financeiras, coordenado pela Associação Brasileira de Bancos (ABBC) quarta-feira (22) no Ciab, o CEO da empresa Vertas Gerenciamento e Transformação de Resíduos Tecnológicos, José Cristovam revelou que um de seus clientes conseguiu eliminar um custo de R$ 500 mil por ano com o armazenamento de eletro eletrônicos ao terceirizar o descarte adequado deste material. “Além do valor financeiro, esta empresa era obrigada a reservar um grande espaço para este armazenamento e se preocupar com a segurança de não ter dados roubados de computadores inativos”, disse.

Ele teve como companheiros na discussão a desembargadora federal Consuelo Yoshida e a coordenadora da área de Direito Ambiental e Sustentabilidade do Lobo & de Rizzo Advogados, Renata Soares Piazzon. O painel foi coordenado pelo Chefe Adjunto do Departamento de Supervisão Bancária do Banco Central do Brasil, Fabio Lacerda.

Eles concordaram que apesar de ser normalmente abordada pelo viés do risco, a responsabilidade socioambiental oferece uma gama de oportunidades ainda inexploradas pelas instituições financeiras. Yoshida ressaltou que os bancos podem obter grandes resultados, criando produtos na área de seguros, financiando projetos de estruturação de logística reversa ou trabalhando para a criação deste tipo de linha de financiamento junto a governos e órgãos públicos.

Apesar de concordar com as oportunidades, Piazzon ressaltou que a legislação oferece o risco das instituições financeiras serem penalizadas pelo conceito de responsabilidade solidária na não observância dos cuidados relativos a esta questão. “Os bancos são grandes consumidores de eletro eletrônicos e como tal podem ser considerados geradores deste resíduos”, afirmou.

Ao encerrar a discussão, o representante do BC afirmou que apesar de ser um custo, “a responsabilidade sócio ambiental é uma grande oportunidade de zelar pelo planeta, pela própria instituição e pela sociedade presente e futura”.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top