Crédito: Gabriel Lima, superintendente de Arquitetura, Cloud e Inovação do banco BV

GenAI: a revolução da inteligência artificial no mercado financeiro

Por Gabriel Lima, superintendente de Arquitetura, Cloud e Inovação do banco BV
A inteligência artificial generativa (GenAI) vem transformando o mercado financeiro com soluções inovadoras, eficientes e personalizadas para os clientes. Durante o Google Next 2024, que aconteceu em abril deste ano em Las Vegas, nos Estados Unidos os principais lançamentos foram de soluções que usam o Gemini como potencializador, como o Code Assist, Cloud Assist (geração de código) ou o Gemini para o BigQuery (assistente para time de Analítica) e os bancos de dados (ainda em Preview). 
Mas, entre todas as novidades, o maior anúncio foi a apresentação de infraestrutura para suportar IA em escala, desde a nova versão de TPU, passando pelas novidades das parcerias com a Nvidia e Intel e chegando ao Gemini 1.5 (ainda em preview), que trará o suporte a um milhão de tokens.
Com a chegada deles, o mercado financeiro deve ampliar o uso de GenAI na geração de dados sintéticos para melhorar a acuracidade na concessão de crédito ou realizar validações de sistemas. Entre os objetivos das instituições financeiras com essa aplicação estão redução de custos, melhoria da qualidade, ampliação da cobertura e otimização da personalização dos serviços e produtos financeiros.
É o que o banco BV já está fazendo. Com as oportunidades que a GenAI oferece, diversas áreas da empresa, incluindo Tecnologia, Auditoria, Riscos, Seguros, Marketing, Operações, Finanças e Clientes, estão envolvidas em experimentos e implementações usando a nova tecnologia, como, por exemplo, na Governança GenAI, com um modelo que considera pessoas, ferramentas e processos para acelerar, democratizar e ampliar o uso da tecnologia na organização, na comunicação de marketing para clientes, em novo atendente virtual para vendas de seguro, no uso de GenAI para melhorar a produtividade e a qualidade dos desenvolvedores de software, na automação de análises e geração de relatórios de risco e controle, assim como na sumarização e qualificação de chamadas de atendimento aos clientes.

Esse artigo foi publicado na 19ª edição do Anuário Brasileiro de Bancos. Acompanhe as principais tendências e movimentos do ecossistema financeiro no último ano.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Exclusiva
Transformação sustentável: o papel das instituições financeiras na transição
Enquanto os riscos da crise climática colocam a população e a economia em alerta, o...
CANTAnews
Low-code revoluciona aplicações no setor financeiro
Carlos Sapateiro, Country Leader da OutSystemsAs instituições financeiras examinam frequentemente seus negócios avaliando cenários para...
CANTAnews
Seis tendências tecnológicas para o setor financeiro
por Wagner Martin, VP de negócios da Veritran no BrasilEm um cenário marcado pelos avanços...
CANTAnews
A eficiência em terceirizar agências e serviços bancários
por Tiago Aguiar, superintendente executivo de Produtos, Novos Negócios e Marketing da TecBanNa rota da...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top