Crédito: Fernando Mucci

Fórum para C-levels destaca tendências globais em bancos digitais e banking

Mais de 30 especialistas debaterão temas como embedded finance, IA, tokenização, finanças sustentáveis e neurotecnologia ao longo de 9h de evento, no próximo dia 25
A constante evolução da indústria financeira e os novos padrões de consumo de uma sociedade cada vez mais global e digitalizada apresentam novos desafios e oportunidades para bancos e fintechs. A adoção de tecnologias inovadoras, por exemplo, não apenas facilita a vida dos clientes, como é capaz de garantir eficiência operacional e estabilidade a longo prazo para os negócios. Para inovar e se destacar, no entanto, é preciso estar atento às tendências e, além de entender a teoria, saber como aplicá-las na prática. 
Para garantir que as instituições financeiras estejam a par das oportunidades e desafios do banking no âmbito global, a Cantarino Brasileiro criou a trilha Bancos & Banking, que terá como ponto alto o fórum presencial, no dia 25 de abril. O evento acontecerá no teatro CIEE, em São Paulo/SP, e a grade conta com mais de 30 especialistas que vão ampliar a discussão e inspirar com cases sobre temas-chave como: Embedded Finance, Inteligência artificial Generativa, Finanças Sustentáveis, Tokenização, Crédito as a Service, Novos Modelos de Negócio, open finance, entre outros.

Open finance

A abertura do evento ficará por conta de Mary Ballesta. Com mais de 17 anos de experiência bancária internacional no Brasil e na Venezuela, a Head de Projetos Estratégicos e Inovação da F1RST Digital Services vai palestrar sobre as oportunidades além do Open finance, propondo ao público um olhar para o futuro das finanças.
O tema voltará ao palco na segunda metade do evento, sob a perspectiva do CTO da Celcoin, Thiago Zaninotti, que vai trazer casos práticos de aplicação da tecnologia com a infraestrutura da empresa. 

Finanças sustentáveis

Em seguida, Mauricio Gonçalves Augusta (7COMm – People and tech to transform), Glauber Mota (Revolut Brasil) e Rafael Cavalcanti (Bradesco) ampliarão o olhar dos convidados para o conceito de “finanças sustentáveis”, tendência mundial que tem ganhado cada vez mais adesão dos agentes de mercado.
Em um contexto no qual as tecnologias estão cada vez mais moldando o futuro, o objetivo é discutir sobre como elas podem contribuir com o cenário sustentável. O painel será mediado por Walkiria Schirrmeister Marchetti, ex-diretora executiva de TI no Bradesco, que levantará pontos como: o uso responsável da inteligência artificial e a necessidade de uma governança capaz de garantir atributos como responsabilidade, inclusão, confiabilidade, imparcialidade, transparência, privacidade e segurança; o uso de dados sintéticos na construção dos modelos de LLM; a blockchain na emissão de títulos verdes e na gestão de dados no combate ao greenwashing; a adoção das nuvens públicas como parâmetro de adoção nas finanças sustentáveis, entre outros pontos.
O crédito sustentável também será abordado por Elias Sfeir, presidente da Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC), em talk-show no período da tarde. 

Cross-industry

O fortalecimento da economia com o cruzamento das indústrias já é uma realidade. O setor financeiro, além de assumir a missão de fomentar o acesso ao crédito, seja para se adaptar à tecnologia, seja para alavancar a inovação, oferece um valor adicional aos setores que estão dispostos a inserir seus serviços financeiros na jornada dos clientes. No banking incorporado ao cross-industry, mais que uma tendência, o embedded finance se tornou um caminho sem volta e a expectativa é que cresça cinco vezes até 2032.
Ainda assim, a transformação no modelo de negócio dos bancos tem muito a crescer e pede por reflexões sobre outras tendências, que se sobrepõem ao cenário, como o foco na centralidade do cliente, o poder dos ecossistemas, a expansão do modelo de negócio bancário, o gerenciamento de novos riscos, a velocidade e a escala da inovação no mercado.
Esse será o direcionamento do painel “Cross-industry: o banking incorporado e evoluindo as oportunidades de negócio”, que será mediado por Silvia Bassi (The Shift) e contará com a expertise de Marcelo Haddad (Neon), Mauricio Santos (Claro Pay), Nai Corrêa (Banco Carrefour) e Thiago Zaninotti (Celcoin).
A oportunidade de ampliar a oferta de serviços em setores financeiros e não-financeiros  por meio do Crédito as a Service será explorada por Leandro Bartolassi, Diretor de Estratégia de Dados da ClearSale, que destacará a importância da concessão de crédito com base em contexto e jornada de consumo, para aumentar a conversão, trazer novas receitas e diminuir a inadimplência, seja em novos clientes ou na personalização da oferta na base.
A evolução do Banking as a Service e sua relevância na construção do “banco do futuro”, será tema de palestra de Carlos Eduardo Benitez, CEO do BMP, no período da tarde.

Principalidade

Uma das pautas mais quentes entre os bancos digitais em 2024, a busca pela principalidade em um ambiente fortemente competitivo será tema do painel mediado por Letícia Moschioni (Baas2u), que contará com a presença de Jimmy Lui (Banco BV), João Manuel Campanelli (Travelex Bank), Luciano André Ribeiro (Itaú Unibanco) e Wagner Martin (Veritran).
As discussões se concentrarão em torno de estratégias para gerar fidelidade, engajamento e aumento do tíquete médio. A hiperpersonalização emerge como peça-chave, impulsionando o engajamento e as vendas e trará à tona, mais uma vez, o tema transversal da IA como ferramenta para alcançar os resultados almejados. 

Inteligência Artificial

Após o almoço, Gil Giardelli vai palestrar com exclusividade sobre o tema “O Fim da Lei de Moore e a Era Pós-Smartphone – IA em Todos os lugares”. professor global de MBA, escritor, colunista na BandNewsFM, ele atua há 21 anos como difusor de conceitos e atividades ligados à sociedade em rede, inovação radical, colaboração humana, economia criativa, digital e estudos do futuro e já disseminou o seu conhecimento por todo o globo. 

Tokenização

Claudia Mancini, editora do Blocknews, vai comandar o bloco sobre as oportunidades da tokenização para instituições financeiras tirando o melhor conhecimento de Gustavo Paro (Stocci) e Sergio Yamani, Diretor de Novos Negócios da 7COMm, que apresentará o case Spacevis.

Segurança

Atemporal, o tema da segurança será reforçado pela expertise de Helder Ferrão, Industry Strategy Manager LATAM da Akamai, que colocará o tema como foco na estratégia do board. 

Inovação

Ageu Dantas, Head Data Analytics da Embratel, vai falar sobre Como o Open Gateway irá revolucionar a Identidade Digital, promovendo um ecossistema de inovação aberta que permite que os desenvolvedores acessem um conjunto de ferramentas que antes estavam fora de alcance.

Neurotecnologia

Para encerrar a maratona do palco, Fabiana Nascimento, CEO da MD9i, vai desafiar os presentes a pensarem na neurotecnologia como estratégia no desenvolvimento de novos negócios, gestão de relacionamento com clientes e sistemas operacionais.
Além da grade recheada de conhecimento, o evento contará com momentos de networking em diversos formatos, encerrando com o happy hour. Se você ainda não reservou o seu lugar, clique aqui e garanta seu ingresso.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Ponto de vista
O mundo está mudando e o Real também
Por Patricio Santelices, CEO da TecBanO Plano Real está caminhando para completar 30 anos e...
Ponto de vista
Revolução no setor financeiro alcança obrigações legais
Por Marcelo França, CEO da CelcoinNos últimos anos, o setor financeiro brasileiro tem passado por...
Exclusiva
IA generativa mantém Topaz na vanguarda e impulsiona abertura de capital
Em entrevista exclusiva, CEO Jorge Iglesias falou sobre a rápida evolução da tecnologia na empresa...
Exclusiva
Novas normas trazem ESG à contabilidade do ecossistema financeiro
Regulação define critérios para medição de riscos ambientais e sociais nas carteiras de crédito e...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top