Fornecedores e bancos devem abrir escopo das conversas

Após uma série de elogios às equipes brasileiras das indústrias de TI, João Bezerra Leite, diretor de infraestrutura e operações de TI do Itaú Unibanco, deu um recado no painel “A indústria de TI e o mercado financeiro, no Ciab 2005: A parceria dos fornecedores em nossas iniciativas de inovação ainda é ad hoc (sob demanda específica). Precisamos que nos provoquem mais. E hoje o relacionamento é muito voltado a produtos. Temos que pensar nos próximos anos e não apenas no fechamento do trimestre, critica.

Entre as tendências estratégicas, Bezerra observa que os clientes bancários querem lidar com um portfólio menor de produtos, com as funções mais relevantes já integradas. Na prática, isso implica em facilitar as integrações entre os sistemas de produtos e os canais de entrega. É para se conseguir desacoplar as camadas do legado do ambiente de serviços (como apps mobile) que é importante ter padrões e política, resume.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top