Fintech capixaba procura desenvolvedores em todo o País

Fintech capixaba procura desenvolvedores em todo o País

Por Edilma Rodrigues

Com mais de um milhão de clientes no Brasil, a fintech capixaba pag! recruta profissionais de tecnologia, especialmente desenvolvedores – ou ‘devs’, no jargão na área. O processo seletivo está aberto e, por conta da pandemia, todas as etapas da seleção serão conduzidas virtualmente. As vagas são para trabalho remoto ou para atuar presencialmente nos escritórios do Espírito Santo ou na cidade de São Paulo. As inscrições podem ser feitas pelo http://www.meupag.com.br/carreiras/?utm_source=linkedin.

O CEO do pag!, Felipe Félix, explica que a fintech está continuamente contratando profissionais de áreas mais técnicas, como tecnologia e dados, mas isso tem se acelerado. “Estamos em uma fase de crescimento e com novos projetos, por isso, queremos abrir ainda mais espaço para os profissionais desta área e atrair os grandes talentos do mercado, comenta Félix. Segundo o CEO, durante a pandemia, o quadro de colaboradores cresceu 30%. 

Segundo a startup, no pag!, os devs trabalham em parceria constante com as outras áreas e têm total liberdade para testar novas ideias na concepção de produtos e serviços que tenham relevância e sejam adequados às diferentes realidades dos clientes da fintech. “Além das vantagens comuns ao mercado, a pag! se preocupa em criar uma cultura de aprendizado, mentoria e crescimento para os desenvolvedores,” informa a empesa.

Habilidades esperadas pelos devs

Algumas das habilidades esperadas dos candidatos são: conhecimentos das boas práticas de programação para sistemas iOS e/ou Android; ter domínio de padrões de arquitetura e projetos; ter familiaridade com APIs para conectar aplicação iOS aos serviços backend; e entender os conceitos de persistência local de dados; entre outras competências. 

“Em meio às muitas opções de carreira é importante que os desenvolvedores observem diversos pontos, entre eles, a cultura organizacional da empresa, que inclui o clima no ambiente de trabalho, benefícios e as oportunidades de crescimento oferecidas,” assinala a fintech em nota.

O desafio de contratar profissionais especializados

A pag! comenta, em nota, que contratar bons profissionais na área de tecnologia tem sido um desafio para recrutadores de diferentes empresas. A origem do problema é educacional. Segundo dados da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), no Brasil, apenas dois milhões de trabalhadores são graduados nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática. 

Entre os profissionais do segmento, continua a fintech, os desenvolvedores de softwares são os mais requisitados. De acordo com um levantamento realizado pelo GetNinjas, aplicativo especializado em contratação de serviços, mesmo na pandemia, a busca por esses profissionais deu um salto de 92% na demanda. 

A migração de vários serviços para o digital e a necessidade de garantir uma experiência positiva para o consumidor fez com que a busca por eles disparasse. A tendência é que isso ocorra no próximo biênio por causa da migração para o home office e a guinada das transformações digitais, que vão impactar o varejo, restaurantes, educação, setor bancário e saúde. 

As mudanças que chegaram com a pandemia vão estimular contratações remotas. Profissionais de tecnologia terão mais flexibilidade e as empresas se sentirão mais confortáveis em contratar novos funcionários tanto fora dos grandes centros quanto aqueles que moram em outros países. 

O sucesso no meio digital depende da tríade construção de um bom produto, compreensão das necessidades do cliente e ações bem direcionadas. Para que isso aconteça, é preciso investir em bons profissionais, independentemente de onde eles morem. Nos últimos dias, inclusive, comemoramos nossa primeira contratação de um profissional do nordeste que trabalhará remotamente. Vale ressaltar aqui que o pag! está pronto para essa revolução no mundo corporativo. E isso só tem a agregar ao nosso escopo organizacional como uma das empresas referência no segmento financeiro, finaliza Felipe Félix.

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top