Estrutura para espelhar o banco

Com a consolidação do novo Centro Tecnológico de Mogi Mirim (CTMM), o Itaú Unibanco precisava de uma nova rede de dados exclusiva para interligar os novos datacenters e o datacenter de São Paulo, que passa a servir como site de espelhamento. A CYLK, juntamente com a Juniper Brasil e sob liderança dos engenheiros do banco, projetou, forneceu, implantou e presta suporte técnico a um backbone baseado na família de roteadores MX960 e MX104, usados em grandes operadoras de telecomunicações do mundo.

O Novo Backbone Metropolitano utiliza redundância com circuitos atendidos por equipamentos de dois fabricantes, maximizando a disponibilidade do ambiente e mitigando o risco de paradas ocasionadas por eventuais bugs de software de um dos fornecedores. Além dos requisitos de interoperabilidade e alta escalabilidade, também pesaram os fatores de eficiência energética e custo total de manutenção, atualização e expansão da infraestrutura.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top