ENTREVISTA: Edu Lyra

Aos 34 anos, Edu Lyra tem uma jornada de sucesso como empreendedor social. Ao conceder a ele o título de Personalidade Financeira em Inclusão, o Prêmio Banking Transformation 2022 destaca sua atuação na criação e gestão da ONG Gerando Falcões, um trabalho que já transformou a vida de 200 mil pessoas pelo país ao promover a inclusão social de crianças e adolescentes por meio do esporte e da cultura.

Além de se preocupar com o futuro dessas gerações ao proporcionar capacitação profissional, em 2022 uma parceria com a Bitz levou mais conhecimento sobre a educação financeira às comunidades.

Conheça mais desse empreendedor social e de seu posicionamento sobre o papel da educação na transformação da sociedade:


Você é reconhecido como um grande empreendedor social no país. Conte-nos  quais foram as motivações ao longo da vida para investir nesse segmento. 

Edu Lyra – Minha mãe foi uma grande inspiração e me dizia sempre: “Não importa de onde você vem, mas para onde você vai”. Nascido e criado em favela, comecei a empreender aos 23 anos, quando escrevi meu primeiro livro, Jovens Falcões, e com um time de 50 jovens vendia os exemplares de porta em porta na periferia e na favela por 9,99 reais. A vida na favela me fez entender de perto as necessidades das pessoas, das famílias. As lições foram os amigos que perdi. As horas de fome. As tantas vezes em que visitei meu pai no presídio. Tudo isso produziu meu propósito e minha missão de vida. Venci a pobreza na minha própria vida. Agora, quero vencê-la em escala com meu time e com nossos parceiros. Estive e estou rodeado de pessoas que me inspiram e me motivam todos os dias.

“Fico feliz em ser eleito empreendedor do ano, mas minha missão realmente é transformar a pobreza da favela em peça de museu antes de Marte ser colonizado.”

A ONG Gerando Falcões foi seu primeiro empreendimento social e rendeu diversos reconhecimentos mundo afora. Você pensou em algum momento que essa iniciativa poderia alcançar a relevância que tem hoje? A que atribui tamanho sucesso?

Edu Lyra – Confesso que não penso em relevância, sucesso, mas em impacto real. Aprendi que para transformar de fato é preciso fazer muito barulho. Então, eu precisava estudar e falar com a sociedade de algum jeito. Comecei a dar palestras em convenções no Brasil e no exterior em empresas globais como Google e Microsoft, além de universidades, como Harvard e London Economics School. Hoje, fico feliz em estar numa lista dos jovens mais influentes ou de empreendedor do ano, mas minha missão realmente é transformar a pobreza da favela em peça de museu antes de Marte ser colonizado.

Recentemente, uma parceria com a Bitz, conta digital do Bradesco, enfatizou a democratização do acesso ao sistema bancário no país fomentando a inclusão financeira com ações de educação financeira, além do incentivo à doação. Graças a essa iniciativa, você também foi nomeado a personalidade financeira Inclusão no PBT2022. Além dessa iniciativa, você já trabalhou outras ações focadas na questão da educação financeira? 

Edu Lyra – Nosso principal objetivo é levar o melhor aos mais pobres e para a favela, que está zerando a fila em creches, o analfabetismo e o desemprego. Nosso foco são iniciativas transformadoras, parcerias capazes de gerar resultados de longo prazo. Entregamos serviços de educação, desenvolvimento econômico e cidadania.

No caso dessa parceria com a Bitz, por meio das doações dos usuários a ação tem impactado diretamente as iniciativas de educação e cidadania da Gerando Falcões nas favelas do Brasil. 

Continue lendo essa entrevista no Informativo CB Especial | Prêmio Banking Transformation 2022.
BAIXE AGORA

Compartilhe

Notícias relacionadas

Entrevistas
Ensino de base, educação financeira e a Agenda BC#
Luis Mansur, do Banco Central, fala sobre o papel do órgão frente ao tema educação...
Entrevistas
Transformação e eficiência tecnológica na jornada de Luis Bittencourt
Promovido a vice-presidente de tecnologia e operações da F1rst – braço do Santander –, ele...
Entrevistas
Liderança feminina no setor financeiro: as inspirações de Walkiria Marchetti
Executiva recém aposentada foi a primeira mulher a ocupar o cargo no Bradesco e recebeu...
Entrevistas
Tarciana Medeiros
Presidenta do Banco do Brasil destaca o comprometimento de sua gestão com a equidade de...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top