Crédito: banco de imagem

Embratel lança solução de IA para manejo estratégico no agro

Smart Field by Cromai é capaz de proporcionar às instituições de seguros agrícolas uma compreensão mais detalhada dos riscos associados a perdas de safras
A Embratel anuncia o lançamento do Smart Field by Cromai, solução de Inteligência Artificial (IA) que utiliza Deep Learning para localizar e classificar de forma precisa plantas daninhas que podem colocar em risco plantações de soja e cana-de-açúcar. A partir de áreas definidas pelos produtores, a Inteligência Artificial realiza o processamento das imagens coletadas em voos de drones, por meio de um sistema de aprendizado profundo com mais de 150 milhões de referências para comparação de cores, formas e texturas.
Assim, a tecnologia é capaz de identificar e categorizar diferentes tipos de plantas daninhas que prejudicam o potencial produtivo das lavouras. O mapeamento é capaz de detectar diversos tipos , como trepadeiras, folhas largas, mamonas, gramíneas de baixo e alto porte, por exemplo.
A análise é disponibilizada em uma plataforma no formato de mapa georreferenciado interativo com os pontos exatos de onde está cada planta daninha, as classificações de infestação por camada, assim como a porcentagem na qual a utilização de herbicida não será mais necessária. A partir disso, os produtores podem tomar decisões baseadas em dados efetivos sobre a aplicação dos defensivos agrícolas apenas nos locais devidos, gerando economia de insumos e recursos financeiros, aumentando a produtividade e reduzindo os impactos ambientais que podem ser causados pelos herbicidas. A solução é fornecida em parceria com a Cromai, startup focada em IA para o agronegócio.

“Além de cana-de-açúcar e soja, a previsão é expandir o uso da solução para outras culturas em breve”, afirma Adriano Rosa, Diretor-Executivo da Embratel. Segundo ele, o agronegócio busca por soluções inovadoras que apoiem a escolha do defensivo adequado para cada daninha, para que o problema seja resolvido antes de uma possível infestação.

“O Smart Field by Cromai é ideal para esse objetivo. A solução da Embratel ainda apoia no preparo do solo para novas safras, considerando que o uso do herbicida incorreto é ineficaz contra a planta invasora e pode tornar as terras menos produtivas, impactando diretamente as próximas plantações e o meio ambiente”, afirma.

Uma equipe de suporte técnico especializada é disponibilizada para realizar a integração e configuração da solução com os drones utilizados pelo cliente, que fazem o imageamento inicial. Além de fornecer a análise sobre as daninhas presentes no campo, a solução ainda permite que os agricultores transformem os dados em mapas de pulverização detalhados e específicos que poderão ser inseridos em qualquer marca e modelo de drones e pulverizadores do mercado. Dessa forma, os equipamentos conseguem compreender de que maneira devem realizar a aplicação dos defensivos de forma automática seguindo as áreas que necessitam da aplicação. Isso permite que haja uma otimização nas operações, possibilitando que os trabalhadores no campo atuem de forma mais estratégica em outras iniciativas.

“Por ser baseada em IA, o Smart Field by Cromai está em constante evolução. Conforme os processamentos são realizados, a solução aumenta sua capacidade de visão computacional, reconhecendo cada vez mais padrões entre as plantas daninhas de cada cultivo”, diz Eduardo Polidoro, Diretor de IoT da Claro. Dessa forma, de acordo com o executivo, o grau de assertividade cresce de acordo com uso, o que garante a confiabilidade das análises geradas pela tecnologia. “A oferta amplia o portfólio da Embratel para o agronegócio de modo inovador, se baseando em dados para levar mais transformação digital ao campo”, afirma. Ao utilizar o Smart Field by Cromai, os produtores também ganham na diminuição do desgaste de maquinários, pela redução do uso durante as operações nas lavouras.

Entre outros benefícios, a solução é capaz de proporcionar às instituições de seguros agrícolas uma compreensão mais detalhada dos riscos associados a perdas de safras de acordo com o estado das lavouras. Assim, as companhias conseguem oferecer coberturas mais personalizadas e adaptadas às necessidades específicas de cada cultivo, por exemplo.
Organizações que fornecem máquinas, prestam serviços de engenharia agrícola e comercializam herbicidas também podem se beneficiar com o Smart Field by Cromai. Ao integrar seus serviços à tecnologia, é possível fornecer abordagens mais analíticas e completas aos seus clientes, proporcionando ofertas especiais e garantindo máxima eficiência de uso de seus equipamentos, serviços e insumos. Para cooperativas que reúnem diversos produtores, a implementação do Smart Field by Cromai também pode apoiar na melhor gestão coletiva das áreas.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top