Crédito: https://www.khaleejtimes.com/business/ebury-scales-up-dubai-presence-with-difc-based-mass-payments-team#google_vignette

Ebury Bank é lançado oficialmente no Brasil e com produtos para PME’s

Brasil é país chave para a fintech, que tem planos de realizar um IPO nos próximos dois anos
A Ebury, fintech global focada na oferta de pagamentos internacionais, avança na sua expansão no Brasil com o lançamento da marca Ebury Bank. A aquisição do Grupo Bexs, incluindo Bexs Banco (câmbio) e Bexs Pay (pagamentos) foi concluída em dezembro. A empresa segue trâmites finais junto ao Banco Central para concluir todo o arcabouço da transição de controladores.
 A marca Ebury Bank será exclusiva para o mercado brasileiro e reflete a licença local de banco de câmbio que a instituição possui e permite uma oferta completa de produtos de pagamentos internacionais voltados às pessoas jurídicas. A marca também posiciona a empresa como um player que atua com muita tecnologia embarcada na sua oferta de produtos, PMEs e grandes plataformas usufruem de soluções com grande amplitude digital e poder de escala.
A atenção dada ao Ebury Bank confirma o entendimento que o país é um pilar estratégico para as ambições da fintech sediada em Londres. “O Brasil é um país-chave na expansão geográfica da Ebury. Na nossa estratégia de crescimento acreditamos que ele será fundamental para a ampliar a nossa receita, ao mesmo tempo nós vamos contribuir para que milhares de novas empresas locais passem a integrar o comércio internacional” afirma Fernando Pierri, Chief Commercial Officer Global da Ebury.
A Ebury tem planos de realizar um IPO nos próximos dois anos. A instituição, fundada em 2009, hoje está presente em mais de 25 países e tem como principais mercados o Reino Unido, a Espanha e agora o Brasil. O crescimento deve acontecer tanto nos serviços de câmbio oferecidos às PMEs, incluindo as contas internacionais, como no segmento que oferta o câmbio via APIs para plataformas e outras empresas de tecnologia.
A expansão da empresa na América Latina já conta com operações no Chile. E do outro lado do Atlântico a empresa deu início às suas operações no continente africano a partir da aquisição da Prime Financial Markets, da África do Sul.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top