Discussão sobre aumento de explosões em agências conclui que bancos precisam reforçar segurança

Em audiência pública realizada terça-feira (4) na Câmara dos Deputados, em Brasília, os participantes chegaram à conclusão, entre outros pontos, que os bancos devem ser cobrados pelo poder público para reforçar seus mecanismos de segurança com o objetivo de reduzir as investidas de criminosos com uso de explosivos. O debate se deu em torno do Projeto de Lei (PL) 5989/16, de autoria do deputado federal Severino Ninho (PSB). O PL prevê o aumento da pena para quem pratica furto, roubo ou extorsão mediante explosões.

O deputado cobrou das autoridades um relatório das necessidades que eles têm para desenvolverem uma fiscalização preventiva mais eficiente. Os documentos devem ser enviados ao parlamentar, assim como as novas sugestões. Precisamos encontrar uma maneira de dar mais segurança à população. As pessoas não aguentam mais conviver com essas explosões nos bancos. Além do risco de serem feridos na detonação das bombas ainda ficam sem o serviço bancário por um longo período, disse o parlamentar.

O secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho, que também esteve no ato, afirmou que devem ser criadas leis para obrigar as instituições financeiras a reforçarem seu sistema de segurança. Os debatedores também exigiram providências das empresas que compram dinamite legalmente como construtoras e pedreiras. Eles exigiram por outro lado que o Estado aprimore os mecanismos de rastreamento deste tipo de material para facilitar a investigação e posterior punição de quem usou o produto ilegalmente e de quem facilitou o desvio do mesmo.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top