nota1

Dia do Consumidor: Zoom lista principais direitos do cliente

Por Edilma Rodrigues

O Zoom, site e app comparador de preços e produtos, listou os principais direitos do consumidor para ajudá-los no Dia do Consumidor, celebrado em 15 de março, que valem para compras em qualquer ocasião. Para o Zoom, a data não é só um evento para promoções, mas também é importante para lembrar a todos sobre os Direitos do Consumidor, protegidos pela Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1991. 

O CEO do Zoom, Thiago Flores, avalia que à medida que a data ganha relevância, mais promoções surgem e o consumidor precisa ficar muito atento. “Vale acompanhar a variação de preços dos produtos que pretende comprar. Para auxiliar nessa tarefa e simplificar a vida dos clientes, o Zoom disponibiliza a funcionalidade Histórico de Preços, que permite conferir o menor preço daquele item nos últimos quarenta dias ou seis meses, auxiliando os consumidores a avaliarem se este é o momento ideal para a compra,” aconselha.

Ainda segundo Flores, caso não seja o melhor momento de comprar, é possível cadastrar um Alerta de Preço, onde o usuário define o valor que pretende pagar pelo produto desejado. Se esse valor for atingido, ele é avisado por e-mail, push no app ou sms,” complementa.

Seguem as seis dicas do Zoom quanto ao direito dos consumidores

1 – Comprou e se arrependeu?

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o comprador que efetuar suas compras online tem o direito de se arrepender dela, desde que faça a notificação da desistência dentro de até sete dias após o pagamento do produto. Em casos assim, o consumidor deve ter seu dinheiro devolvido. 

2 – E o prazo para entrega, como fica?

Os prazos de entrega são um dos motivos que mais causam reclamações por parte dos consumidores quando efetuam compras online. O Código de Defesa do Consumidor especifica que a loja deve sempre informar um prazo de entrega do pedido e quando isso não é informado, a empresa passa a estar em ilegalidade. 

Por outro lado, quando o prazo é estipulado e informado ao consumidor, cabe à empresa cumpri-lo, pois caso contrário, ela pode até mesmo ter que ressarcir o dinheiro pago pelo consumidor, sem que seja levado em consideração prejuízos de eventuais perdas e danos. 

3 – Optei pelo estorno e agora?

O estorno é um direito do consumidor em casos, como: qualquer erro no valor cobrado, se estiver dentro do prazo de arrependimento de compra online, se ocorrer cancelamento da venda ou cobranças extras indevidas.

Se a compra foi efetuada pelo cartão, na maioria das vezes o estorno é feito diretamente na fatura e logo após a confirmação do cancelamento. Se a sua fatura já tiver sido paga, o estorno é feito em forma de crédito e é abatido na próxima fatura. 

4 – Ah, mas eu comprei pelo boleto, como faço?

Nesse caso, varia de acordo com o vendedor, podendo ser solicitado seus dados e conta bancária para transferência de valor ou, até mesmo, uma ordem de pagamento bancária.

Importante: Independente da forma de pagamento (boleto ou cartão), a loja só irá efetuar o estorno após receber de volta a mercadoria.

5 – Meu produto veio com defeito e eu quero trocar:

Os defeitos podem se dar de duas formas:

Os mais comuns são os defeitos de fábrica. Nesse caso, a loja virtual tem toda responsabilidade pela qualidade do produto vendida ao consumidor, por isso, deve realizar a troca sem custos.

Produtos com vícios: para casos em que os produtos apresentam vícios (quebrados, rasgados, faltando partes, entre outros), a loja virtual deverá solucionar o problema em até 30 dias após a notificação do consumidor. A solução poderá ser a troca integral ou parcial do produto que apresenta problemas ou a devolução do dinheiro ao consumidor.

6 – Produtos comprados pela internet têm garantia?

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, produtos e serviços comercializados em lojas virtuais devem possuir um prazo mínimo de garantia de 30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para produtos duráveis.

É responsabilidade da loja manter um estoque de produtos e peças de reserva para trocas e manutenções, para que, dessa forma, esteja preparada para substituir produtos em caso de eventuais defeitos.

O Zoom tem recursos que auxiliam consumidores a garantir seus direitos

Alerta de preço: o usuário escolhe o valor que gostaria de pagar pelo produto desejado e, se esse preço for atingido, ele é avisado por e-mail, push no app ou sms. É interessante fazer o cadastro o quanto antes para não perder nenhuma oferta.

Histórico de preços: o usuário pode ver quanto o produto custou nos últimos seis meses, ou nos últimos quarenta dias, para ter certeza do melhor momento para comprar.

Equipe de especialistas de produtos à disposição:  especialistas do Zoom estão à disposição por meio do site e do app, para usuários de smartphones com sistema Android, sempre para sanar dúvidas dos usuários. 

Como reforço para o mês do Consumidor, o time do Zoom vai atender os consumidores pelo WhatsApp. No Instagram do Zoom – @deumzoom – e no Facebook – https://www.facebook.com/deumzoom/ – stories com dicas serão postados e por lá os consumidores podem arrastar para cima e falar com os especialistas de produtos pelo WhatsApp.

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top