nota1

Desenvolvimento ao estilo de fintech

A Transformação Ágil na área de desenvolvimento do Santander Brasil, projeto concorrente ao XIV Prêmio Relatório Bancário, teve como referência os modelos Scrum, Spotify e SAFe. O principal objetivo é a ampliação da competitividade do banco, com melhoria de qualidade, redução do tempo de entrega (time to market) e do custo, permitindo uma resposta mais rápida e assertiva aos anseios dos clientes digitais, que valorizam qualidade e velocidade como fundamentais no atendimento, lavando o banco a um mindset semelhante a uma fintech em escala.

A iniciativa de transformação ágil se consolidou como um dos maiores modelos ágeis na área bancária, abrangendo 90% de todos os projetos de TI, com o total de 202 squads, 1.712 pessoas distribuídas em 16 tribos. Foram medidas reduções de 60% no tempo de entrega e ganho de 43% em produtividade. Hoje, o projeto está em sua terceira fase, e se destacam três focos estratégicos: Agile Híbrida – Iterfall; Kanban Santander; e Agile Remoto.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top