Conta digital voltada para adolescentes recebe aporte de R$ 54 mil

class=wp-image-17205

A fintech Z1, conta digital para adolescentes 100% gratuita e atrelada a um cartão pré-pago Mastercard, anunciou nesta semana um novo aporte no valor de 54 milhões de reais. A rodada de investimento foi co-liderada pelo fundo Homebrew — que havia liderado a rodada seed da fintech em 2021 -, Parade Ventures e Kindred Ventures, além de outros investidores já parceiros como Y Combinator, MAYA Capital, Clocktower, Gaingels e outros novos, como Costanoa, Newtopia, SquareOne e The Fund. Os valores serão investidos no desenvolvimento de novos produtos e funcionalidades, visando ampliar o público-alvo e acompanhar os atuais clientes no início da vida adulta.

Em um momento delicado para o mercado de tecnologia, em que muitas startups estão passando por ondas de demissões e escassez de investimentos, o aporte levantado pela Z1 mostra que há fundos investindo em negócios promissores e com bons resultados no histórico. Para o co-fundador e CEO da Z1, João Pedro Thompson, o aporte em época de layoffs é uma grande conquista, pois os fundos estão cada vez mais seletivos e criteriosos na hora de investir o seu dinheiro. “Sabemos que o momento é desafiador e desde o início de 2022 o mercado de tecnologia está mais difícil, com investidores muito mais criteriosos e focados na sustentabilidade financeira dos negócios que analisam. Por isso, valorizamos muito o voto de confiança que ganhamos dos nossos antigos e novos investidores, que mais uma vez, acreditaram no potencial da Z1”, diz.

O objetivo do aporte é ampliar o público-alvo da fintech, ou seja, além de atender aos adolescentes, agora a Z1 mira nos jovens que estão transicionando para a vida adulta, a partir dos 18 anos. Com a maioridade surgem outras necessidades e a relação com o dinheiro se fortalece, por isso, a estratégia da fintech é oferecer uma conta digital para esses usuários, mantendo os que já utilizam a plataforma além da fase adolescente, e também novos clientes nessa faixa etária. O principal produto em vista é uma solução de crédito, uma funcionalidade muito pedida por clientes atuais quando atingem a maioridade.

Em 2021, a fintech recebeu dois aportes: uma rodada seed de 14 milhões de reais, liderada pelo Homebrew, e uma rodada Series A no valor de 55 milhões de reais, liderada pela Kaszek. Na época, o investimento alavancou o crescimento da fintech no mercado.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
CMN e BC aprovam medidas para amenizar os efeitos da calamidade pública no RS
O Banco Central monitorará continuamente o funcionamento da intermediação financeira na regiãoEm reunião extraordinária no...
TOP 6
Competição voltada às tecnologias para finanças sustentáveis abre inscrições
Quinta edição do G20 TechSprint foi lançada pelo Banco Central (BC) e o Centro de...
TOP 6
Celcoin adquire startup especializada em regulação bancária e fiscal
Reg+ representa a quarta aquisição em dois anos, e reforça o investimento da empresa em...
TOP 6
Programa Celular Seguro é desconhecido por 40% da população, aponta pesquisa
Levantamento encomendado pela Febraban mostra que 29% dos entrevistados não estão interessados na plataformaAté o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top