Crédito: Freepik.com

CMN aumenta o volume de recursos para atender a pessoas com deficiência

A verba é destinada a financiamentos de tecnologia assistiva, conforme regulamentação do governo federal
Com o intuito de incrementar o potencial de atendimento às necessidades de pessoas com deficiência (PcD), o Conselho Monetário Nacional (CMN) alterou o percentual máximo admitido para cumprimento do direcionamento dos depósitos à vista por meio de operações de aquisição de bens e serviços de tecnologia assistiva. Isso quer dizer que as instituições financeiras que captam esses depósitos terão maior margem, dentro do programa de direcionamento de microcrédito, para oferecer crédito para quem precisa adquirir equipamentos para a realização de tarefas diárias, permitindo a superação de limitações físicas, sensoriais ou cognitivas.

“Em outras palavras, existe um direcionamento obrigatório de recursos de depósitos à vista para operações de microcrédito produtivo orientado. Parte desse direcionamento pode ser cumprido facultativamente com operações de aquisição de bens e serviços de tecnologia assistiva. O percentual máximo dessa faculdade está sendo elevado de 20% para 30%”, disse Nagel Lisanias, chefe de subunidade do Departamento de Regulação do Sistema Financeiro do Banco Central (Denor).

Assim, o potencial de alocação de recursos destinados a atender a essa parcela da população passa de 0,4% do total de depósitos à vista para 0,6%. Na data-base de setembro de 2023, essa medida ampliaria o potencial de originação desse tipo de operação de crédito de R$1,6 bilhão para R$2,4 bilhões, ou seja, R$800 milhões adicionais, sem descaracterizar o foco nas operações de microcrédito e as regras atuais de direcionamento.

“A prerrogativa de uso dessa faculdade é válida para todas as instituições financeiras que captam depósitos à vista, públicas ou privadas, as quais podem compatibilizar essa concessão aos programas internos dedicados às pessoas com deficiência, que são extremamente oportunos e relevantes do ponto de vista social”, finaliza Anelise Zingler, analista do Denor.

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top