Carteira de crédito deve crescer após dois meses de recuo moderado

class=wp-image-17200
O saldo total da carteira de crédito deverá voltar a crescer em março, com alta de 1,1%, após dois meses seguidos de ligeira contração, conforme revelou recentemente a Pesquisa Especial de Crédito da Febraban. Um dos destaques é a estimativa de alta para o crédito destinado às famílias, que deve avançar 1,1%, liderado pela carteira direcionada (+1,5%), com forte performance dos créditos rural e imobiliário. Já a carteira livre deve crescer 0,8%, recuperando algum fôlego após ficar estável no mês anterior.

Outro destaque da alta de março deve vir da carteira voltada à pessoa jurídica, com estimativa de crescimento de 0,9%. O avanço deve ser puxado pela carteira livre (+1,2%), com alguma recuperação em março, após o impacto negativo em fevereiro decorrente do episódio das Lojas Americanas.

De acordo com o levantamento, a sazonalidade positiva das linhas de fluxo de caixa, típica no fechamento de trimestre, também deve contribuir para o resultado. Ainda assim, o crescimento deve vir abaixo da média do período, levando a uma nova desaceleração em 12 meses, de 4,9% para 4,6% na carteira pessoa jurídica livre.

Na carteira direcionada, a alta deve ser mais modesta (+0,4%), embora suficiente para sustentar a aceleração do ritmo de expansão anual, tendência observada desde o 2º semestre de 2022. No caso, o ritmo da expansão deve subir de 7,7% para 8,0%, respondendo à reedição dos programas públicos e ganho de tração das linhas com recursos do BNDES.

“Entretanto, apesar do avanço no mês, o ritmo de expansão anual da carteira deve seguir em desaceleração, passando de 12,6% para 12,3%, reforçando a perspectiva de um crescimento nominal mais modesto do crédito em 2023 devido a um cenário de maior inadimplência e desaceleração econômica, que normalmente tornam as concessões mais seletivas”, avalia Rubens Sardenberg, diretor de Economia, Regulação Prudencial e Riscos da Febraban.

As projeções são feitas com base em dados consolidados dos principais bancos do país e a pesquisa atua como prévia da Nota de Política Monetária e Operações de Crédito do Banco Central, que será divulgada no dia 26 deste mês.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
CMN e BC aprovam medidas para amenizar os efeitos da calamidade pública no RS
O Banco Central monitorará continuamente o funcionamento da intermediação financeira na regiãoEm reunião extraordinária no...
TOP 6
Competição voltada às tecnologias para finanças sustentáveis abre inscrições
Quinta edição do G20 TechSprint foi lançada pelo Banco Central (BC) e o Centro de...
TOP 6
Celcoin adquire startup especializada em regulação bancária e fiscal
Reg+ representa a quarta aquisição em dois anos, e reforça o investimento da empresa em...
TOP 6
Programa Celular Seguro é desconhecido por 40% da população, aponta pesquisa
Levantamento encomendado pela Febraban mostra que 29% dos entrevistados não estão interessados na plataformaAté o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top