picpay

Caixa habilita carteira digital PicPay para beneficiários do auxílio emergencial e correntistas

Por Edilma Rodrigues

A PicPay anunciou hoje (20) que mais de 100 milhões de correntistas da Caixa Econômica Federal e beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 podem utilizar o cartão de débito virtual Elo, que é gratuito, para incluir saldo no PicPay e realizar transações na carteira virtual. O objetivo é contribuir para minimizar os impactos da pandemia do covid-19. 

Ao cadastrar o cartão e colocar saldo no app PicPay, que faz pagamentos à distância, tanto correntistas da Caixa quanto beneficiários do Governo Federal podem fazer diversas operações. São elas: pagar contas (de luz, água e boletos bancários diversos), fazer compras em mais de 2 milhões de estabelecimentos comerciais em todo o País, fazer transferências para outras pessoas (instantaneamente e sem taxas), sacar dinheiro nos 23 mil terminais do Banco24Horas, além de acessar serviços de recarga de celular e do cartão de transporte público, pagamento de estacionamentos e compras no e-commerce. 

O CEO do PicPay, Gueitiro Genso, menciona, em nota, que oferecer esse recurso pode ajudar os beneficiários do auxílio emergencial a realizarem transações de forma mais prática e segura, à distância pelo celular, nesse momento de pandemia. 

Muitos brasileiros terão sua primeira conta em banco 

Com 45 milhões de pessoas desbancarizadas no País, segundo o Instituto Locomotiva, será a primeira vez que muitos brasileiros terão conta em um banco, começando com uma experiência totalmente digital. O PicPay tem como propósito contribuir para a inclusão financeira da população e, como maior carteira digital do Brasil, temos à disposição uma plataforma completa de soluções financeiras, afirma Genso. 

30 milhões de poupanças sociais

A PicPay assinala em seu comunicado à imprensa que a Caixa Econômica estima que deve criar 30 milhões de poupanças sociais digitais – com movimentação feita 100% pela internet e disponibilização do cartão de débito virtual -, voltadas para os que têm direito ao auxílio emergencial. A conta digital será aberta automaticamente para trabalhadores informais que já estão no CadÚnico e não são clientes da Caixa ou do Banco do Brasil. 

“Os trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos contribuintes para o INSS e beneficiários do Bolsa Família que se inscreverem no programa por meio do aplicativo do Auxílio Emergencial também receberão pela poupança digital e terão direito ao cartão de débito virtual,” finaliza a nota.

Com informações da assessoria de imprensa

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top