nota5

Brasileiro é o povo que mais deseja comprar assistentes virtuais

O Global Consumer Insights 2018, estudo realizado pela PwC com consumidores de 27 países revelou que os brasileiros são os que mais desejam adquirir um dispositivo doméstico dotado de inteligência artificial (AI, na sigla em inglês), como assistentes virtuais, no futuro.

A pesquisa avaliou os hábitos e expectativas de consumo de mais de 22 mil pessoas no mundo. Entre os 1 mil brasileiros entrevistados, 59% pretendem comprar um destes equipamentos e 14% afirmam já possuir algum que atenda por comando de voz. Enquanto, na média global 32% dos entrevistados afirmam ter interesse em adquirir dispositivos com inteligência artificial e 10% declararam já possuir produtos semelhantes, como Amazon Echo ou Google Home.

O segundo país que mais demonstrou interesse foi a China, onde 52% dos consumidores gostariam de adquirir dispositivos com inteligência artificial.   

Os consumidores estão mudando seus hábitos e não esperam mais pela próxima ida à loja física para adquirir um produto. Nos próximos dois ou três anos, a inteligência artificial revolucionará a forma como os consumidores planejam e realizam seus desejos de compras, e como as empresas analisam, segmentam e atendem a eles, destaca Ricardo Neves, sócio da PwC Brasil e líder de varejo e consumo.

Crescimento do e-commerce e de lojas físicas

As vendas do e-commerce por dispositivos móveis devem ultrapassar as realizadas por meio de computadores, que atualmente representam 20% do varejo global, ou seja, uma em cada cinco compras realizadas no mundo. O consumo via smartphones já alcançou 17% de todas as compras mundiais, representando crescimento de mais de 100% nos últimos seis anos.

O Global Consumer Insights 2018 aponta que 59% dos entrevistados fazem suas compras on-line; 41% aceitariam pagar mais para receber seus produtos mais rápido ou no mesmo dia; 44% pagariam pela entrega num intervalo de tempo específico e 38% consideram ter seus produtos entregues por drones.

O relatório também revela que mesmo com a predominância dos grandes varejistas online, ainda há espaço para as lojas físicas crescerem.Pela quarta vez consecutiva, o  número de entrevistados que compram semanalmente em lojas físicas vem aumentando, chegando a 44% do total; e 50% dos entrevistados já utilizam o smartphone durante as compras na loja física. 

*Com informações do Computerworld

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top