nota5

Bradesco abre contas para pessoas físicas por celular

O Bradesco incluiu funcionalidade em seu app que permite abertura de conta corrente via smartphone. O recurso facilita o envio de documentos digitalizados. Assim, o cliente pode, por meio do aplicativo, abrir sua conta, fazer a escolha de produtos como cheque especial, limite de crédito on-line e cartão de crédito, além de escolher a cesta de serviços. O objetivo do projeto “Abertura de Contas PF – Mobile” é a eficiência operacional, com foco na melhora da produtividade e revisão dos processos, transição dos documentos e migração dos clientes para o mundo tecnológico, em um ambiente totalmente digital. A inciativa rendeu a disputa ao Prêmio Relatório Bancário 2017, nas categorias Aplicativos, Inovação em Agência e Produtos para Conta Corrente.

O projeto explica que a disponibilização do serviço está alinhada às diretrizes de transformação digital da organização e gerou importantes ganhos, como agilidade no processo e na abertura da conta, o que minimizou filas no setor de abertura de contas; aumento da fidelização da base de clientes e do seu grau de satisfação e melhorou a percepção do cliente no primeiro contato com o banco.

O processo de abertura de conta aproveita a experiência do cliente com a captura dos documentos pessoais, que serão enviados diretamente ao departamento para análise. Após a documentação estar corretamente capturada, o gerente da agência é informado da existência de uma nova conta e inicia o relacionamento com o novo cliente. As imagens e vídeos da abertura de conta serão armazenados em repositório corporativo para reuso em futuras operações.

A solução garante, por meio dos dispositivos do cliente, modernização do processo de abertura de contas, mantendo autenticidade, segurança e confiabilidade em um ambiente totalmente digital.  Para o banco, a redução no consumo de papel, uma vez que não é preciso imprimir termo de adesão e de produtos a serem contratados, o que também dispensa a guarda física de documentos assinados pelos clientes e posterior destruição quando finalizado seu ciclo de vida, exigidos em suas respectivas leis.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top