Holding Itaú Unibanco compra 11,36% da XP Inc. por quase R$ 8 bilhões

Holding Itaú Unibanco compra 11,36% da XP Inc. por quase R$ 8 bilhões


Por Edilma Rodrigues

O Itaú Unibanco Holding S.A. comunicou ao mercado, por meio de fato relevante de 29 de abril, a compra de 11,36% do capital social total da XP Inc., por aproximadamente 8 bilhões de reais. O negócio, iniciado em 2017, quando a instituição celebrou um contrato de aquisição de 49,9% da XP, não foi integralmente aprovado pelo Banco Central, em agosto de 2018. Assim, os planos do Itaú de chegar a ser dono de 75% da companhia foram inviabilizados.

De acordo com a Agência Brasil, as imposições feitas pela autoridade monetária, à época, impediam o Itaú de adquirir o controle da XP e obrigava o banco a preservar a independência da empresa, impedia a indicação de diretores, o acesso à base de clientes etc. As restrições e as limitações estão no Acordo em Controle de Concentração (ACC), assinado pelo BC com as duas instituições, valem por 15 anos.

O negócio entre as duas empresas, neste momento, é uma obrigação contratual já estabelecida e que foi aprovada pelo BC por ser um percentual minoritário. Ao que tudo indica, o Itaú pode não manter sua participação na empresa.

Segundo o Broadcast, a dúvida reside no que o Itaú fará com esse novo bloco de ações. “Em março, o banco afirmou ao Broadcast que pretendia aliená-las, sem dizer se isso ocorreria em uma venda ou em uma cisão. Procurado nesta sexta-feira, disse que não daria novas informações além das que publicou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM)”, disse.

O Itaú Unibanco esclarece que a transação não gera alterações na governança corporativa da XP Inc. “Além disso, não se espera que essa operação acarrete efeitos relevantes nos resultados da Companhia neste exercício social”, finaliza o comunicado.


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).