Tags: ,

Dança de cadeiras no mercado financeiro foi intensa


Por Edilma Rodrigues

A dança de cadeiras anunciadas nos últimos 30 dias mostra que o setor está de olho nas tendências, seja para melhorar o atendimento ao cliente, expandir internacionalmente ou focar na sustentabilidade, na equidade de gênero, entre outros objetivos. A SumUp, por exemplo, contratou Rachel Maia para aprimorar a liderança estratégica e assuntos sobre diversidade e inclusão. Segundo a fintech, a experiência da executiva ajudará na ampliação dos negócios da fintech, que acaba de receber aporte de R$ 1,3 bilhão.

A Matera, empresa de desenvolvimento de tecnologia para o mercado financeiro, fintechs e gestão de riscos, tem novo CTO, Rafael Grottoli, com passagens pela GVT e Vivo. Sua chegada à Matera é para apoiar a diretriz da empresa de ganhar escala nos negócios acompanhando o crescimento acelerado no volume de contas e transações em sua base de clientes no Brasil, além da expansão internacional com foco no E.U.A. 

Gustavo Lendimuth assumiu como diretor de investimentos da BS2 DTVM, que era ocupada por Christiano Ehlers. Com mais de 20 anos de experiência no mercado financeiro, Lendimuth está no BS2 desde 2019, atuando como Superintendente Comercial de Investimentos e foi o responsável por estruturar a área de parcerias do banco digital, feito que contribuiu para que fosse promovido à nova função. O executivo passa a responder diretamente para Juliana Pentagna Guimarães, CEO da DTVM e VP de Relações com Investidores do Banco BS2. 

Ainda como parte da estratégia de fortalecer a oferta de investimentos, a BS2 Asset, que passou a oferecer gestão de carteiras administradas em fevereiro deste ano, tem seu principal executivo, Mauro Orefice, também reportando diretamente à Juliana Pentagna. Orefice chegou ao BS2 em fevereiro do ano passado e tem mais de 20 anos de atuação no mercado de investimentos.

O BTG Pactual reforçou seu time de Wealth Management (WM) nos Estados Unidos, com a contratação de Rogério Pessoa, que vai comandar a área. O objetivo é expandir a cobertura para clientes da América Latina, aproveitando seu conhecimento do mercado local e as sinergias com as demais áreas do banco para aumentar a presença offshore e o volume de ativos em carteira (WuM). 

A contratação mais recente, que inaugura o novo modelo de trabalho da área com a figura do Broker, foi de Blas Minarro para a posição de gerente de relacionamento sênior de WM nos Estados Unidos, após quatro anos como managing director de WM no JPMorgan, tendo sido o diretor comercial do Cone Sul no Santander nos sete anos anteriores. 

Anteriormente, o BS2 anunciou o executivo Marcos Magalhães como seu novo CEO, membro do Conselho de Administração e acionista. O objetivo é ganhar escala para ampliar sua atuação no mercado de bancos digitais. Ele assumiu suas funções formalmente no início de maio. Gabriel Pentagna Guimarães, que ocupou a posição nos últimos quatro anos, permanecerá como membro do Conselho de Administração.

E a MovilePay anunciou Adriana Santanna como a nova líder de operações de crédito. Com mais de 20 anos de experiência em grandes bancos, a executiva assume a liderança da área de crédito da fintech do Grupo Movile que desenvolve a Conta Digital iFood. O objetivo é aplicar a sua experiência em riscos, crédito e cobrança no banco dos restaurantes.

A Bossanova Investimentos, micro venture capital que investe em startups em estágio pré-seed, anuncia a chegada do empresário Janguiê Diniz em seu quadro de acionistas com aquisição de 25% da empresa por valor não revelado. A partir desse novo passo, a investidora pretende acelerar sua missão de democratizar o acesso ao capital por meio de investimentos em série no estágio inicial. E isso será possível devido a toda expertise e know-how de Janguiê no mercado de capitais. 

O Modalmais contratou Patrícia Aiello e Ewerson Padovan. Vindos do Itaú Personnalité, os executivos possuem mais de 20 anos de experiência no mercado e chegam com o objetivo de gerir o segmento de alta renda do banco digital.

A Kenlo – plataforma de serviços financeiros digitais para o mercado imobiliário e parceira da empresa inGaia, contratou Fabrício Almeida como diretor de negócios. O executivo vai atuar no desenvolvimento dos negócios na área de serviços financeiros com ênfase na distribuição do produto home equity (financiamento com garantia de imóvel). 

Dando continuidade ao processo de expansão, a Adiq – empresa de meios de pagamentos ligada ao Banco BS2 – anunciou Vlademir Santos como novo diretor de operações e comercial. Recentemente, a Adiq trouxe duas novas superintendentes para atuar nas áreas comercial e operacional: Patricia Quadros e Izilda Aguiar, respectivamente. Já no ano passado, mesmo durante a pandemia, a Adiq contratou 41 profissionais. Há ainda outras vagas abertas, que podem ser conferidas no site de vagas.

A Yapay, unidade de pagamento Grupo Locaweb, trouxe para o seu board Cristiano Hernandes, novo diretor de operações e riscos. A contratação é para apoiar o processo de amplificação, expansão e segurança da Yapay, já que ele tem uma longa jornada na área de riscos e operações. 

O PicPay nomeou Guilherme Telles, ex-número um da Uber no Brasil, para assumir os cargos de Chief Marketing Officer (CMO) e Chief Strategy Officer (CSO). O executivo chega para impulsionar todas as frentes de negócios num momento de grande crescimento do PicPay. A plataforma atingiu, na primeira semana de abril, a marca de 49 milhões de usuários. O executivo responderá diretamente ao CEO da empresa e terá sob a sua gestão duas áreas: growth, responsável pelas estratégias de customer lifetime management, product growth e performance; e marketing. 

Para liderar expansão em 2021, Conta Zap anunciou novos diretores. A fintech, que oferece carteira digital com transações financeiras via mensageria e redes sociais no Brasil, trouxe Ricardo Menezes, Diego Mota e Luciano Oliveira vão liderar as áreas financeira, de marketing e de tecnologia, respectivamente. Eles chegam para integrar a equipe comandada pelo CEO e fundador da Conta Zap, Roberto Marinho Filho. 
A Vamo, fintech de pagamentos, anunciou Júlio Seixas como novo CEO e para liderar o lançamento de uma nova ferramenta cashless e contactless da empresa, a VamoPay, que permite que tudo que esteja relacionado ao consumo em um evento possa ser solicitado e pago pela plataforma. O objetivo é ampliar sua presença em todo o Brasil.

E a Solfácil, fintech de energia solar do Brasil, está ampliando a equipe. O foco é reforçar o atendimento ao cliente, em linha com o propósito de democratizar a energia solar fotovoltaica no Brasil para um maior número de pessoas. A fintech emprega, atualmente, pouco mais de 180 funcionários diretos e indiretos, e vem em um ritmo de contratação de 5 a 10 novos profissionais todos os meses. Em pleno crescimento no Brasil, a Solfácil fechou 2020 com um crescimento médio mensal de 30% e tem previsão de R$ 1 bilhão em volume de financiamentos em 2021.


Fique atualizado em relação as principais notícias do setor. Inscreva-se na Newsletter e nos acompanhe nas Redes Sociais (Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram).