nota2

Blockchain: a tecnologia de 1001 utilidades

Mais conhecida por seu uso em criptomoedas, a tecnologia blockchain pode ser empregada em muitas indústrias para melhorar processos administrativos, transferir e autenticar documentos, workflows de negócio, doações, na cadeia de produção, etc. Seu vasto potencial se deve ao sistema de registro público distribuído e criptografado, que valida digitalmente, de forma segura, as mais diversas transações. Essa verificação descentralizada, disseminada em blocos encadeados e anotada em toda a rede por consenso (ledger distribuído) é, ao mesmo tempo, mantida por ninguém e por muitos.

Transferência de moedas, pagamentos e investimentos são os usos mais conhecidos, mas o novo paradigma proveniente da blockchain pode ser aplicado a uma infinidade de serviços. Grandes bancos, de olho na agilidade e redução de custos, investem na tecnologia para fazer uma arquitetura que permita a liquidação financeira entre eles. Além disso, a tecnologia permite fazer registro de imóveis; validação de certificados acadêmicos e até votação em eleições. Nesta modalidade, seria possível votar sem sair de casa e com algum meio válido juridicamente que confirme a identidade do eleitor.

A IBM e a Samsung, segundo a CoinDesk, estão trabalhando em um conceito conhecido como ADEPT – Autonomous Decentralized Peer-to-Peer Telemetry, que usa tecnologia do tipo blockchain para formar a espinha dorsal de uma rede descentralizada de dispositivos IoT. Com o ADEPT, a blockchain serviria como um ledger público para uma enorme quantidade de dispositivos, que já não precisa de um hub central para mediar a comunicação entre eles.

Essa descentralização da rede e a eliminação de muitos intermediários abre um mundo novo: compartilhamento de músicas via cadeia de blocos, com pagamento direto do fã ao artista; conexão entre compradores e vendedores no varejo; programas de fidelidade; distribuição de benefícios pelo governo. Seu potencial de autenticação, registro irrevogável e segurança, por sua vez, deve alterar também a forma como são feitas as negociações em bolsa; o registro de imóveis e outros certificados de autenticidade em diversas verticais. Por ser um sistema mais robusto e por se estruturar em nós de uma rede mundial totalmente espalhada e anônima, a blockchain propicia segurança para armazenamento de dados; informações críticas e a gestão de operações de toda ordem.

Com informações de Bitcoin Brasil, CoinDesk, IP News

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top