Bitso recebe autorização do BC para ser instituição de pagamentos no Brasil

Bitso recebe autorização do BC para ser instituição de pagamentos no Brasil

class=wp-image-17204/

por Cláudia Mancini (via site parceiro Blocknews)

A exchange de criptomoedas Bitso recebeu a autorização do Banco Central (BC) para operar como instituição de pagamentos (IP) no país. Assim, poderá emitir moeda eletrônica, ou seja, administrar contas de pagamento pré-pagas, e emitir instrumentos de pagamentos pós-pagos como cartão de crédito. Essa e a segunda exchange que obtém o aval de IP e a terceira com foco em serviços em blockchain.

Assim como a Bitso, outras exchanges pediram para serem IPs, como a Ripio e o Mercado Bitcoin, como noticiou o Blocknews com exclusividade no ano passado. Na ocasião, Daniel Vogel, CEO global da Bitso e um dos fundadores, afirmou que tinha pedido também para a empresa ser uma sociedade de crédito. Como IP, a empresa começa com capital social de R$ 65,9 milhões.

A autorização é para a Nvio Brasil, uma subsidiária da Bitso no mercado brasileiro. De acordo com a publicação no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira (23), sua sede é em Osasco (na Grande São Paulo). Os controladores são Vogel e os co-fundadores da Bitso Pablo Gonzalez e Benjamin Peters. Esse último é também o diretor de tecnologia da empresa.

Para Thales Freitas, CEO da Bitso Brasil, “essa chancela do mercado reafirma o reconhecimento da Bitso como uma empresa de serviços financeiros baseados em cripto e marca uma conquista importante na nossa jornada de crescimento”. No Brasil, a exchange anunciou sua instalação no final de 2020 e começou a operar para valer em 2021.

Ao expandirem seus serviços para IP, as exchanges abrem novo braço de negócios que pode ser ou não com uso de criptomoedas, além do status de provedoras de serviços financeiros. Dessa forma, além de novas receitas, ficam menos expostas à volatilidade das criptos e dos momentos de baixa das transações. O tema será abordado mais a fundo no evento presencial Bancos Digitais – Disrupção: a estratégia para a sobrevivência, que será realizado no dia 18/5, no CIEE, pela Cantarino Brasileiro.

A Bitso é uma das mais longevas e maiores exchanges da América Latina, ao ser fundada em 2014. A empresa afirma ter seis milhões de clientes na região. A Bitso também foi uma das premiadas na edição 2022 do Prêmio Banking Transformation – antes Prêmio Relatório Bancário – realizado pela Cantarino Brasileiro e que tem foco em inovação no ecossistema financeiro.
(Leia a matéria completa no site de origem, Blocknews.)

Compartilhe

Notícias relacionadas

TOP 6
Inteligência Artificial pode contribuir em até 5,4% do PIB da América Latina até 2030
Segundo relatório da Allianz Trade número fica atrás dos Estados Unidos e Canadá, que devem...
TOP 6
Valid lança primeiro cartão bancário 100% em braille no Brasil
Os cartões já estão disponíveis para os clientes do Banco do Brasil (BB); equipamento inédito...
TOP 6
Embratel amplia solução de conectividade via satélite para fornecer redundância
Serviço de Banda Larga via satélite proporciona uma camada adicional de backup à rede das...
TOP 6
Banco Central publica próximos passos da regulação de criptoativos
A infraestrutura criada para o Piloto com Tecnologia de Registro Distribuído (DLT) passará a testar...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top