BC europeu alerta bancos sobre possíveis ciberataques promovidos pela Rússia

BC europeu alerta bancos sobre possíveis ciberataques promovidos pela Rússia

Por Edilma Rodrigues

As tensões entre a Rússia e a Ucrânia despertam inseguranças também no mundo digital. Fontes anônimas disseram à Reuters que o Banco Central Europeu, presidido pela ex-ministra francesa Christine Lagarde e que supervisiona os maiores bancos da Europa, alertou as instituições financeiras da zona do euro sobre possíveis ataques cibernéticos, promovidos pela Rússia.

Esta preocupação foi refletida em todo o mundo. De acordo com a Inteligência Regulatória da Thomson Reuters, o Departamento de Serviços Financeiros de Nova York emitiu um alerta às instituições financeiras no final de janeiro, sobre a possibilidade de ciberataques, como forma de retaliação, caso a Rússia invada a Ucrânia e desencadeie sanções dos EUA.

No início deste ano, vários sites ucranianos foram vítimas de ciberataques, que deixaram um aviso tenham medo e esperem o pior. O serviço de segurança estatal da Ucrânia, SBU, disse ter visto sinais de que o ataque estava ligado a grupos de hackers associados aos serviços de inteligência russos.

Autoridades russas dizem que o Ocidente está dominado pela russofobia e não tem o direito de dizer a Moscou como agir, depois que expandiu a aliança militar da Otan para o leste desde a queda da União Soviética em 1991. O Kremlin também negou repetidamente que o Estado russo tenha algo a ver com hackers em todo o mundo e disse que está pronto para cooperar com os Estados Unidos e outros países para reprimir o crime cibernético.

Mas, o fato é que o BC europeu está em alerta máximo. O National Cyber Security Centre (NCSC, em português Centro Nacional de Segurança Cibernética) da Grã-Bretanha, alertou grandes organizações para reforçar sua resiliência de segurança cibernética em meio às crescentes tensões na Ucrânia. E a Financial Conduct Authority britânica afirmou que estava entrando em contato com empresas financeiras para chamar sua atenção sobre o aviso do NCSC.

Na terça-feira (08), Mark Branson, chefe do supervisor alemão do BaFin, disse em uma conferência online que a guerra cibernética estava interconectada com geopolítica e segurança.

Fonte: Reuters

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top