Bancos podem ser os próximos a validar dados para certificação

Na última reunião do Comitê Gestor da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – CG ICP-Brasil, em 06 de julho, o Ministério do Planejamento apresentou o modelo de emissão de certificados digitais para os servidores públicos do Governo Federal e militares da União. A iniciativa prevê que o cadastro dos servidores nos sistemas do governo possa ser utilizado para emissão do certificado, simplificando a validação das informações junto a uma Autoridade de Registro – AR. Para o CEO da Cantarino Brasileiro, Marcos Cantarino, os bancos podem ser os próximos a validar os certificados a partir das informações de seus clientes.

“As instituições financeiras, pela própria natureza crítica de seu negócio, mantêm cadastros atualizados de seus correntistas. Essa decisão do governo indica ser este um caminho bastante viável,” avalia Cantarino.

Se a segurança e assertividade das informações são os principais fatores, conforme comentou o diretor-presidente do ITI, Gastão Ramos, “o governo possui um cadastro seguro de seus servidores. Dessa forma, não haverá dúvidas sobre a identidade dos requerentes. Além disso, a coleta biométrica será obrigatória, o que mantém os mesmos requisitos de segurança, não havendo quebra de confiabilidade da cadeia ICP-Brasil.” De fato, o setor bancário apresenta todas as condições para certificar seus clientes.

Para o coordenador do Comitê e representante da Casa Civil da Presidência da República, Luiz Carlos de Azevedo, foram aprovadas medidas que possibilitam a implementação segura e célere de processos que vão desburocratizar a prestação de serviços ao cidadão. A pauta de maior interesse para o serviço público foi a que possibilita um regime diferenciado para emissão de certificados digitais para eles e militares da União. “Com todos os servidores públicos certificados, os processos digitais e a integração entre os órgãos ganharão força. Destaco também que a expansão do uso do certificado no setor público alavancará a oferta de serviços digitais ao cidadão e, por consequência, aumentará a emissão de certificados como um todo”, comenta Azevedo.

As próximas reuniões do Comitê Gestor da ICP-Brasil estão agendadas para 19 de setembro e 10 de novembro.

Com informações do site do ITI.

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top