nota6

Baidu cria abrigo inteligente para proteger gatos de rua do frio na China

Em países com neve e invernos rigorosos, os animais de rua sofrem com o frio. Pensando em ajudar os gatos de rua em Pequim, o Baidu – famoso pelo buscador de mesmo nome e outras ferramentas de IA – decidiu criar um abrigo usando inteligência artificial.

O abrigo oferece água, alimento e sua porta abre automaticamente quando o bichano se aproxima da entrada. A empresa desenvolveu um sistema para checar se o animal é mesmo um gato: é um jeito de proteger os gatos de rua do frio e, ao mesmo tempo, não permitindo ataques dos cachorros.

Um abrigo para animais que utiliza inteligência artificial não está exatamente entre os principais escopos da Baidu. A empresa disse que a ideia do abrigo inteligente partiu de um funcionário, Wan Xi, que encontrou um pequeno gato escondido em seu carro durante o inverno, e que a partir de então começou a simpatizar pelos gatos de rua.

Wan iniciou um projeto paralelo utilizando a IA da Baidu para criar o abrigo, até que a própria Baidu endossou a ideia e resolveu transformar o abrigo de gatos em realidade. A empresa está localizada na capital chinesa, cujas temperaturas no inverno causam frio extremo, com vários graus abaixo de zero. Os animais de rua ficam bastante vulneráveis nessas condições.

Para se ter ideia, somente 40% dos gatos de rua sobrevivem ao inverno de Pequim, segundo informações obtidas pela empresa. Nesse contexto, a criação de um abrigo usando inteligência artificial foi uma ótima sacada do funcionário para proteger os felinos.

Além do scan na entrada do abrigo, as câmeras conseguem analisar o animal e verificar se ele está com alguma doença aparente. O sistema é gerenciado por voluntários, responsáveis pela manutenção dos abrigos. Se as câmeras identificam um gato ferido ou doente, o voluntário mais próximo vai até o abrigo. O sistema é capaz de identificar mais de 170 espécies de gatos, e as câmeras são equipadas com visão noturna.

Sistemas baseados em inteligência artificial têm sido cada vez mais usados para gerenciar animais. Uma das maiores dificuldades é fazer os bichos olharem para a câmera. Isso não é um problema no caso dos gatos: felinos são bem curiosos e chegam bem perto da entrada do abrigo, permitindo uma fácil. Felizmente, no caso do abrigo em questão, os gatos são curiosos e verificam a porta bem próximos, permitindo uma fácil identificação.

Fonte: Tecmundo

Compartilhe

Notícias relacionadas

Blog
Mudança na natureza jurídica da ANPD fortalece aplicação da LGPD
Por Edilma Rodrigues A Medida Provisória (MPV) nº 1.124, de 13 de junho de 2022 assinada pelo...
Blog
Mercado Pago usa tecnologia de segurança da Mastercard para criptos
A carteira digital do Mercado Livre, o Mercado Pago, vai usar
Blog
Ant Group lança banco digital para micro, pequenas e médias empresas em Singapura
O ANEXT Bank, banco digital de atacado de Singapura e parte do Ant Group, anunciou...
Blog
Cetelem vai reduzir 6 mil toneladas de CO² com emissão de cartões reciclados
O Banco Cetelem Brasil emitiu cerca de 370 mil cartões de plástico reciclado, desde o...

Assine o CANTAnews

Não perca a oportunidade de saber todas as atualizações do mercado, diretamente no seu e-mail

plugins premium WordPress
Scroll to Top